SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 issue26As representações do saber. Uma visão dos letrados nas crónicas portuguesas tardomedievais.: Dissertação de Mestrado em História Medieval apresentada na Universidade de Évora, Dezembro de 2018. Orientação da Professora Hermínia Vasconcelos VilarWorkshop Investigar em Idade Média VI - Projetos de Investigação: realidades e possibilidades, organizado em parceria pelo Instituto de Estudos Medievais e pelo CITCEM - Centro de Investigação Transdisciplinar “Cultura, Espaço e Memória”, Lisboa, NOVA FCSH, 8 de fevereiro de 2019 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

  • Have no similar articlesSimilars in SciELO

Share


Medievalista online

On-line version ISSN 1646-740X

Med_on  no.26 Lisboa Dec. 2019

 

VARIA

Motivations in medieval war: a comparative approach between two territorial peripheries (Iberia and Baltic)

Paula Pinto Costa*

*Departamento de História e de Estudos Políticos e Internacionais, Faculdade de Letras, Universidade do Porto, 4150-564, Porto, Portugal. ppinto@letras.up.pt


 

O seminário Motivations in medieval war: a comparative approach between two territorial peripheries (Iberia and Baltic), organizado pelo CEPESE, enquadrou-se nas atividades do grupo de investigação “Poderes, elites e relações sociais”, que tem entre os seus objetivos o desenvolvimento de estudos sobre as Ordens Militares, a aristocracia e as sociedades políticas. Considerando o relevante papel desempenhado pela guerra em tempos medievais, nomeadamente em territórios periféricos, bem como as excelentes relações científicas que se têm vindo a intensificar entre determinados investigadores da Universidade do Porto e da Universidade de Estocolmo, foi projetado este seminário. As áreas alvo da reflexão são a Península Ibérica e o Báltico. Assim, seis investigadores portugueses (da Universidade do Porto, da Universidade do Algarve, do CEPESE e do IEM) e quatro suecos partilharam uma importante base de discussão sobre a temática, reforçaram o trabalho colaborativo de investigação e promoveram o alargamento de horizontes sobre o tema.

O programa científico contou com duas sessões. Na primeira discutiram-se as iniciativas promotoras da guerra, entrando em linha de conta com o papel da monarquia, de vários poderes sociais e das estruturas locais. A segunda sessão, por sua vez, foi orientada para a reflexão sobre as interpretações que as Ordens Militares fizeram da guerra em territórios periféricos.

A prática da guerra na Idade Média tem despertado um interesse crescente na historiografia europeia. A complexidade do estudo da guerra tem acompanhado esta tendência, deixando de se reduzir a uma simples narrativa de acontecimentos para se converter em abordagens multifacetadas. Neste sentido, o seminário apresentou linhas metodológicas focadas em diversos fatores, como as motivações coletivas ou individuais, a identificação das iniciativas e as interpretações da prática da guerra. Com o propósito de enriquecer as abordagens que têm sido feitas e de acrescentar conhecimento novo, o alvo do debate centrou-se em aspetos mais inovadores. O destaque recaiu sobre a organização, o financiamento, o recrutamento rural / urbano e a mobilização para a guerra. A inclusão de uma sessão sobre o papel das Ordens Militares ao nível da guerra visou debater o seu posicionamento face a estas questões, bem como o impacto da guerra travada em territórios periféricos sobre as formas de legitimação do Oriente Latino.

 

Como citar este artigo

Referência electrónica:

PINTO COSTA, Paula - “Motivations in medieval war: a comparative approach between two territorial peripheries (Iberia and Baltic) - Porto, 1 de abril de 2019”. Medievalista 26 (Julho-Dezembro 2019). [Em linha] [Consultado dd.mm.aaaa]. Disponível em http://www2.fcsh.unl.pt/iem/medievalista/MEDIEVALISTA26/costa2615.html ISSN 1646-740X.

 

Data recepção do artigo / Received for publication: 10 de abril de 2019

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License