SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.4 número3Validade da medida do consumo máximo de oxigênio predito pelo teste de cooper de 12 minutos em adultos jovens sedentários índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Motricidade

versão impressa ISSN 1646-107X

Motri. v.4 n.3 Santa Maria da Feira set. 2008

 

Editorial

 

Portugal, como na generalidade dos países europeus, assume a recepção e compreensão do Desporto por parte da sociedade como uma mutação, mas os escassos estudos empíricos sobre os valores associados à prática desportiva demonstram que o tema ainda não foi seriamente encarado e alicerçado, seja pelos agentes desportivos seja pelos decisores da política desportiva.

Nos últimos anos, o comportamento dos jovens no e perante o Desporto tem vindo a sofrer profundas alterações. Alguns comportamentos que têm vindo a ser mais frequentes são: fazer batota, praticar agressões, adoptar comportamentos violentos e agressivos, faltar ao respeito a adversários e árbitros. Embora as ocorrências mais frequentes e visíveis sejam observáveis no Desporto profissional, já se começa a encontrar cada vez mais esses “maus” comportamentos no Desporto jovem.

Devido ao facto dos valores estarem a ser modificados no comportamento de cada indivíduo por causa de processos de aculturação em sociedade, a identificação desses mesmos valores nos jovens atletas é de vital importância para melhor se entender o processo pelo qual eles tomam este tipo de decisões em situações desportivas.

Não é o confronto, a competição, ou o tipo de Desporto praticado que determina automaticamente e tacitamente o valor das actividades desportivas para as crianças e jovens. É antes de mais a natureza das experiências vividas nessas actividades, como as interacções com os pais, os treinadores, os professores e amigos, que vão determinar se a prática desportiva ajuda ou não a adquirirem os valores e as atitudes que visam alcançar. Assim, a Educação Física e o Desporto deve contribuir para o desenvolvimento de valores, favorecendo a formação integral das crianças e jovens. Através da participação em jogos e Desportos desenvolvem-se qualidades como a lealdade, a cooperação, o desportivismo, a força de vontade e a perseverança. Contudo e de acordo com o objectivo do Desporto, este proporcionará diferentes tipos de resultados. Bem utilizado, pode inferir uma atitude de jogo limpo, respeito pelas regras e um esforço coordenado e subordinado dos interesses do grupo em detrimento do individual.

 

Ruben Gonçalves Pereira

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons