SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número15Associações e Sindicatos de Trabalhadores em Educação Seminário Internacional para discussão de pesquisasDidática televisual e os agentes da notícia: uma abordagem no tratamento da imagem do Presidente Lula entre 2003 e 2005 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Lusófona de Educação

versão impressa ISSN 1645-7250

Rev. Lusófona de Educação  n.15 Lisboa  2010

 

Cristina Maria Magno Correia Rodrigues

2007

O papel do medo social no desenvolvimento pessoal dos alunos

Orientação: Prof. Doutor Fernando Nogueira Dias

 

Produzido no âmbito da linha de pesquisa Educação e Desenvolvimento Humano, do mestrado em Educação da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, o objectivo genérico deste trabalho constituiu na identificação do papel do medo social e das condições sociais e educativas no Desenvolvimento Pessoal de alunos que frequentavam escolas do 1º ciclo no interior norte de Portugal. Enquanto que na abordagem ao desenvolvimento pessoal nos situámos na esfera de autores e correntes das áreas de conhecimento da psicologia e da sociologia, por sua vez o conceito de medo social implicou o recurso às propostas da sociologia das emoções e, por fim, a compreensão dos contextos escolares sugeriu-nos a mobilização de algumas teorias da administração e organização educativas.

Para obtenção dos dados que nos permitiram encontrar algumas respostas para as nossas perguntas de investigação, definimos como objecto de análise os alunos provenientes de meios sociais, culturais e espaciais diferenciados. Nas duas escolas seleccionadas optámos por turmas de meios distintos (rural e urbano), assim como tivemos em consideração o facto de serem turmas em fase terminal de ciclo, com a particularidade de terem experienciado diferentes professores ao longo de quatro anos. Esta situação evidenciou uma variedade de representações de ensino e de docência, distintas relações de afectividade com os professores e seus redundantes efeitos.

Na investigação aplicou-se um conjunto diversificado de procedimentos, dando forma ao que metodologicamente se designa por estudo de caso de observação. Privilegiamos a análise de dados provenientes da administração de um inquérito por questionário, o que permitiu comparar os conhecimentos e atitudes dos alunos face ao tema em questão e ao tipo de escola que frequentavam.Todavia, antes deste enfoque mais quantitativo, procedemos à realização um inquérito por entrevista aos alunos baseado num guião com perguntas abertas, com o qual apreendemos as representações quanto às suas vivências na escola e na relação pedagógica. Esta informação de carácter qualitativo permitiu-nos um melhor entendimento dos sentimentos dos alunos, das suas emoções e do seu entendimento relativo ao percurso escolar, dados estes que vieram ao encontro de outras informações recolhidas anteriormente a partir da realização individual de composições escritas.

Pela interpretação dos dados inferimos que havia, efectivamente, uma relação entre os facto-res que caracterizavam as escolas e o desenvolvimento pessoal do aluno. Na análise das composições, considerámos igualmente ter obtido indicadores que permitiram demonstrar que o medo social, vivenciado pelos alunos, interferia no seu desenvolvimento pessoal.

Palavras-chave: Desenvolvimento Pessoal, Medo Social,Tipos de Escola

 

The role of the social fear in the personal development of the students

Produced in the scope of the search line education and human development, of the masters in education of Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias the target of this work consisted in the identication of the social fear and the social educational conditions in the personal development of the students that attended the primary school in the inner north of Portugal.While in the approach of the personal development we situated in the sphere of authors and current pshycology and sociology áreas, sometimes the concept of social fear implied the resource to the proposals of emotional sociology , and in the end the comprehension of school contexts, it arose the mobilization of some theories with educational administration and organization.

To obtain datas that permit to nd some answers to our search questions, we dene as target of analy-sis the students from social and cultural different spaces. In the two chosen schools we opted by classes of distinct means (country and city), as well as we had in consideration the fact of being in the last year of primary school with the fact of had different teachers during the four years.This situation showed a variety of performances in teaching, distinct affectivity with the teachers and their effects.

In this search we provide a diversi cate ensemble of procedures giving a shape methodologically to what we nominated by the case of abservation. we privileged the analyses of the items of administration with a quiz by questions that permit to compare the knowledges and attitudes of students faced with the theme in question and the type of school they attended.Although, before this more countable focus, we proceded to the performance of a quiz by interviewing the students with open questions, that we learnt the role about their way of living in school and in the pedagogical relation.This qualitative information permitted us a better relation of students feelings, and their emotions in their understanding due to their schooling, that came to the impact of other informations collected previously from the individual realization of compositions.

By the interpretation of datas we imply there was a relation of facts that characterized the schools and the personal development of the student. In the analysis of compositions we considered equally to obtain indicators that permitted to demonstrate social fear lived by students interfered in the development of his personal one.

Keywords: personal development; social fear; types of school