SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número6Representações sociais de professores de escolas municipais de Lucena/ PB sobre formação e prática docentesA centralidade dos manuais escolares. Relação dramática alunos/manuais/ professores índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Lusófona de Educação

versão impressa ISSN 1645-7250

Rev. Lusófona de Educação  n.6 Lisboa  2005

 

Olívia Souza de Lima Leite (2005)

Ensaio de um ato educativo libertador: adaptação do método Paulo Freire na alfabetização de crianças

Orientação: Prof. Doutor José B. Duarte

Esta pesquisa tem como referencial teórico as ideias de Paulo Freire que considera a alfabetização como parte integrante do processo político/educativo de desenvolvimento da consciência crítica dos educandos. Na tentativa de alfabetizar crianças com dificuldades de aprendizagem, desenvolveuse uma Adaptação do Método Paulo Freire (AMPF), com base nos fundamentos da pedagogia crítica. O objectivo específico deste trabalho é avaliar a eficácia desta adaptação, em um universo de pesquisa delimitado por um grupo de doze alunos, selecionados entre duas turmas de 2.a Série do Ensino Fundamental em uma escola pública da periferia de Campo Largo. Os dados foram obtidos por meio da intervenção direta da pesquisadora com os educandos, no decurso de um processo de (re)alfabetização, utilizando como instrumento de ação a AMPF para crianças. A análise desses dados permitiu uma reflexão sobre o papel do educador como mediador neste processo e do educando como sujeito de sua própria história. Os resultados mostraram que a aplicação da Adaptação do Método Paulo Freire, no processo de (re)alfabetização na 2.a Série, é relevante, quando o educador tem como ponto de partida a história de vida e a leitura do mundo dos educandos. Dos doze alunos selecionados, apenas três permaneceram com rendimento escolar abaixo dos objetivos traçados pela pesquisadora. Os outros nove alunos, ao final de 48 horas de trabalho, são capazes de ler e escrever, necessitando, porém, de uma continuidade no processo de letramento, no sentido de respeitar os seus limites e o tempo para a aquisição dos conteúdos de 2.a Série, lembrando sempre que acabaram de passar de alfabetizandos para alfabetizados.

 

The theoretical reference of this research is based on the ideas of Paulo Freire, who considers alphabetization as a part of a political/ educational process of a learner’s critical consciousness development. In the attempt to literate children with a learnining disability, the researcher developed an Adaptation of the Paulo Freire Method (APFM) based on the fundamentals of the critical pedagogy. The objective of this study is to evaluate the efficacy of this adaptation in a sample of twelve second grade elementary students selected from two classes in a suburban school in Campo Largo. The data was obtained by the direct intervention of the researcher with the learners during the alphabetization process using APFM for children. The data analysis allowed an analysis of the role of the educator as a mediator in this process and of the role of the learner as a subject of his/her own history. The results showed that the application of the Adaptation of the Paulo Freire Method in the alphabetization of children with learning difficulty from the second grade is efficient when the educator uses the learners life experience as the main motivation for alphabetization. Only three learners from a group of twelve continued with a scholar performance below the aim expected by the researcher. The other nine learners were able to read and write by the end of 48 hours of teaching. This study had its limitations due to restricted time for teaching of the whole content taught in the second grade, but in a short period of time these illiterate children became literate.