SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número6Um projecto de esperança intempestiva e uma pedagogia da não-violência.Politiques de la nature. Comment faire entrer les sciences en démocratie índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Lusófona de Educação

versão impressa ISSN 1645-7250

Rev. Lusófona de Educação  n.6 Lisboa  2005

 

Timor e a Língua Portuguesa no seu Projecto Educativo

Mariette Bolina*

 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text only available in PDF format.

 

 

Referências bibliográficas

Agência Geral do Ultramar (1965). Timor: Uma Pequena Monografia. Lisboa: Agência Geral do Ultramar.

        [ Links ]

Bolina, Mariette (2000). Situação Educativa e Formação de Professores em Timor-Leste – Breve Diagnóstico. Faro: Universidade do Algarve.

Bolina, Mariette (2000a). Em Timor: Perplexidade, Dor e Encantamento. Faro: Universidade do Algarve.

Expresso, Jornal (2000). Revista nº. 1430, de 25 de Março.

Expresso, Jornal (2002). Revista nº. 1542, de 18 de Maio.

Hull, Geoffrey (2000). Timor-Leste: Identidade, Língua e Política Educacional. Comunicação apresentada no Congresso Nacional do CNRT. Díli, Timor-Leste, Agosto.

Instituto Camões (2001/2002). Manual de Língua Portuguesa como Língua Estrangeira. Lisboa: Instituto Camões

Nogueira, Carlos A. S. (2000). Alguns Aspectos da História, Cultura e Economia de Timor Loro Sae. Documento deTrabalho da UILA, nº 5, Outubro. Almada: ISEIT.

Timor-Leste, MECJD (2003). Documentação oficial distribuída. Congresso Nacional de Educação. Díli, Outubro.

Visão, Revista (2002). Suplemento Especial, nº. 480, de 16 de Maio.

 

 

* Docente e Coordenadora do Curso de Formação de Professores de Português da Universidade Nacional de Timor-Leste (UNTL). Docente aposentada da Escola Superior de Educação da Universidade do Algarve.