SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número5As “Crianças de Rua” em Angola. Um Estudo das Necessidades e dos Potenciais para a Introdução do Ensino Básico InformalEspaço geográfico. Estratégias de aprendizagem dos conceitos geográficos e a construção deste saber pelo estudante índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Lusófona de Educação

versão impressa ISSN 1645-7250

Rev. Lusófona de Educação  n.5 Lisboa  2005

 

Ana Paula Lança dos Santos Ferro Santos (2004)

Externato António Sérgio. Génese e desenvolvimento de uma instituição escolar no Alentejo (1960-1990)

Orientação:

Prof. Doutor António Teodoro

 

No âmbito da problemática da construção social da escola para todos, o presente estudo procurou caracterizar e compreender o processo de formação e desenvolvimento do Externato António Sérgio, uma instituição educativa privada, situada no Baixo Alentejo. Esta instituição teve a sua génese no início dos anos 60, altura em que se tornava particularmente visível a crescente procura social de educação de nível secundário que, não tendo enquadramento nas escolas públicas, foi encontrando resposta na rede de ensino particular que então se espalhava pelo território nacional.

Adoptando uma abordagem que privilegia as experiências e as vivências dos indivíduos, reveladas nos seus testemunhos, procurou-se perceber as circunstâncias que, numa comunidade rural, determinaram a procura da educação e a mobilização que se constituiu para lhe poder dar resposta e, ainda, compreender de que modo se foram articulando, ao longo de cerca de trinta anos, a instituição escolar nas suas diferentes fases, a comunidade em que esta se inseria e o discurso político e legislativo nacional relativo à educação. A pesquisa sobre a instituição escolar constituiu-se também como situação potenciadora de uma reflexão mais geral sobre a política e o desenvolvimento educativos e a própria mudança social.

 

 

Externato António Sérgio. The creation and development of an educational institution in Alentejo (1960-1990)

Concerning the issue of the social construction of the school for all, the present study has attempted to characterize and contribute to the understanding of process leading to the creation and development of the private school Externato António Sérgio, which is located in Baixo-Alentejo. This institution was established in the early 1960s, when the increasing social demand for education at the secondary level became particularly visible, which by not being met by the public schools, gave rise to a response from a network of private schools scattered all over the country.

Using an approach mostly based on the experiences of the individuals, obtained from their oral testimony, the work analyses the circumstances that, in a rural community, determined the search for education and the mobilization that was set into motion in order to respond to this. Furthermore, taking the history of about thirty years of the private school into account, this work also describes the relation, in its different phases, with the community and with the national policies regarding education.

The research on this institution also provided data that were able to provide the basis for a wider analysis of the policy and educational development, as well as the social change itself.