SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número53Utilização das políticas de conciliação da vida profissional com a vida privada pelos pais trabalhadoresModos de relação com a música índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Sociologia, Problemas e Práticas

versão impressa ISSN 0873-6529

Sociologia, Problemas e Práticas  n.53 Oeiras jan. 2007

 

Tráfico, contrabando e imigração irregular: os novos contornos da imigração brasileira em Portugal

João Peixoto*

Resumo

Neste texto são apresentados alguns problemas conceptuais sobre “tráfico” e “contrabando” de migrantes, dados sobre a imigração brasileira recente e elementos sobre a actuação das redes organizadas de contrabando de migrantes e tráfico de mulheres para fins de exploração sexual do Brasil para Portugal. O aumento de importância das redes organizadas e o fortalecimento dos negócios relacionados com a indústria do sexo estão entre as principais conclusões. O apoio em redes sociais informais e graus variáveis de exploração, fraude e coacção tornam, porém, relativamente difusos os contornos do contrabando e tráfico de migrantes do Brasil para Portugal.

Palavras-chave imigração brasileira, Portugal, tráfico, auxílio à imigração ilegal.

 

Abstract

Trafficking, smuggling and irregular immigration: the new contours of Brazilian immigration in Portugal

This paper discusses some conceptual issues on the trafficking and smuggling of migrants, and presents evidence on recent Brazilian immigration, the smuggling of immigrants by organized networks and the trafficking of women for sexual exploitation from Brazil to Portugal. The growing importance of organized networks and the strengthening of sex industry-related business are among the main conclusions. However, the role of informal social networks and the variable degrees of exploitation, fraud and coercion have a blurring effect on the contours of migrants’ smuggling and trafficking from Brazil to Portugal.

Key-words Brazilian immigration, Portugal, trafficking, smuggling.

 

Résumé

Traite, trafic illicite et migration irrégulière: les nouveaux contours de l’immigration brésilienne au Portugal

Cet article présente quelques problèmes conceptuels sur la traite et le trafic illicite des migrants, des données sur l’immigration brésilienne récente et des éléments sur l’action des réseaux organisés de trafic d’immigrés et de traite des femmes pour leur exploitation sexuelle du Brésil vers le Portugal. L’importance croissante des réseaux organisés et l’accroissement des affaires liées à l’industrie du sexe figurent parmi les principales conclusions. Le soutien des réseaux sociaux informels et les degrés variables d’exploitation, de fraude et de contrainte rendent cependant relativement flous les contours du trafic et de la traite de migrants du Brésil vers le Portugal.

Mots-clés immigration brésilienne, Portugal, traite, trafic illicite de migrants.

 

Resumen

Trata, contrabando e inmigración irregular: los nuevos contornos de la inmigración brasileña en Portugal

En este texto se presentan algunos problemas conceptuales sobre trata y contrabando de migrantes, datos sobre la inmigración brasileña reciente y elementos sobre la actuación de las redes organizadas de contrabando de inmigrantes y de trata de mujeres cuyo fin es la explotación sexual, de Brasil para Portugal. El aumento de importancia de las redes organizadas y el fortalecimiento de los negocios relacionados con la industria del sexo están entre las principales conclusiones. El apoyo en redes sociales informales y grados variables de explotación, fraude y coerción vuelven, con todo, relativamente difusos los contornos del contrabando y trata de migrantes desde Brasil para Portugal.

Palabras-clave inmigración brasileña, Portugal, trata, contrabando de migrantes.

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text only available in PDF format.

 

 

Referências bibliográficas

Agustín, Laura (2006), “The disappearing of a migration category: migrants who sell sex”, Journal of Ethnic and Migration Studies, 32 (1), pp. 29-47.         [ Links ]

Anderson, Bridget, e Julia Davidson (2003), Is Trafficking in Human Beings Demand Driven? A Multi-Country Pilot Study, Genebra, IOM.

Aronowitz, A. A. (2001), “Smuggling and trafficking in human beings: the phenomenon, the markets that drive it and the organizations that promote it”, European Journal on Criminal Policy and Research, 9 (2), pp. 163-195.

Baganha, Maria Ioannis, João Ferrão, e Jorge M. Malheiros (1999), “Os imigrantes e o mercado de trabalho: o caso português”, Análise Social, 34 (150), pp. 147-173.

Baganha, Maria Ioannis (2005), “Política de imigração: a regulação dos fluxos”, Revista Crítica de Ciências Sociais, 73, pp. 29-44.

Campani, G. (2000), “Immigrant women in Southern Europe: social exclusion, domestic work and prostitution in Italy”, em R. King, G. Lazaridis e C. Tsardanidis (orgs.), Eldorado or Fortress? Migration in Southern Europe, Londres, Macmillan, pp. 145-169.

Casa do Brasil de Lisboa (2004), A “Segunda Vaga” de Imigração Brasileira para Portugal (1998-2003), Lisboa, Casa do Brasil de Lisboa.

Fernandes, Duval (2006), “Migração internacional — O caso brasileiro no contexto mundial no início do século XXI”, comunicação à Jornada de Demografia de Língua Portuguesa, AIDELF/APD, Aveiro, 18 de Setembro de 2006.

Fusco, Wilson (2006), “The role of international migration in Brazil”, comunicação à conferência Migration and the Lusophone World, Washington, EUA, 17-18 de Novembro de 2006.

Instituto Nacional de Estatística (2006), “População estrangeira em Portugal: 2005”, Destaque, 15 de Dezembro de 2006.

Koser, Khalid (2006), “Human smuggling: theoretical and empirical perspectives from Pakistan, Afghanistan and the UK”, comunicação à conferência Mobility, Ethnicity and Society, University of Bristol / University College London, Bristol, Reino Unido, 16-17 de Março de 2006.

Kyle, David, e Rey Koslowski (orgs.) (2001), Global Human Smuggling: Comparative Perspectives, Baltimore, The John Hopkins University Press.

Leal, Maria Fátima, e Maria Lúcia Leal (2002), Pesquisa sobre Tráfico de Mulheres, Crianças e Adolescentes para Fins de Exploração Sexual Comercial no Brasil, Brasília, CECREA.

Machado, Igor (2003), Cárcere Público: Processos de Exotização do Imigrante Brasileiro em Portugal, tese de doutoramento em Ciências Sociais, Universidade Estadual de Campinas.

Machado, Igor (2005), “Implicações da imigração estimulada por redes ilegais de aliciamento: o caso dos brasileiros em Portugal”, SOCIUS Working Papers, Lisboa, ISEG/UTL, 3/05.

Machado, Igor (org.) (2006), Um Mar de Identidades. A Imigração Brasileira em Portugal, São Carlos, EdUFSCar, Editora da Universidade Federal de São Carlos.

Malheiros, Jorge M. (org.) (no prelo), Imigração Brasileira em Portugal, Lisboa, ACIME/Observatório da Imigração.

Okólski, Marek (2001), “Trafficking in women in the Baltic States: sociological module”, em International Organization for Migration (IOM), Trafficking in Women and Prostitution in the Baltic States. Social and Legal Aspects, Genebra, IOM, pp. 95-154.

Padilla, Beatriz (2005a), “Integration of Brazilian immigrants in Portuguese society: problems and possibilities”, SOCIUS Working Papers, Lisboa, ISEG/UTL, 1/05.

Padilla, Beatriz (2005b), “Redes sociales de brasileros recien llegados a Portugal: solidariedad étnica o empatía étnica” SOCIUS Working Papers, Lisboa, ISEG/UTL, 2/05.

Padilla, Beatriz (2006), “Brazilian migration to Portugal: social networks and ethnic solidarity”, CIES e-Working Paper, Lisboa, ISCTE, 12/2006.

Peixoto, João (2002), “Strong market and weak state: the case of foreign immigration in Portugal”, Journal of Ethnic and Migration Studies, 28 (3), pp. 483-497.

Peixoto, João, e Alexandra Figueiredo (no prelo), “Imigrantes brasileiros e mercado de trabalho em Portugal”, a publicar em Jorge M. Malheiros (org.), Imigração Brasileira em Portugal, Lisboa, ACIME/Observatório da Imigração.

Peixoto, João, António Goucha Soares, Paulo Costa, Susana Murteira, Sónia Pereira, e Catarina Sabino (2005), O Tráfico de Migrantes em Portugal: Perspectivas Sociológicas, Jurídicas e Políticas, Lisboa, ACIME/Observatório da Imigração.

Peixoto, João, e António Vasco Marques (2006), Análise do Mercado de Remessas Portugal/Brasil, Lisboa, CESO/CI.

Pereira, Sónia (2006), “Combate ao tráfico de seres humanos e trabalho forçado: tráfico de imigrantes em Portugal”, comunicação ao seminário Combate ao Tráfico de Seres Humanos e ao Trabalho Forçado na Europa. O Caso de Portugal, OIT/MTSS-DGEEP, Lisboa, 16 de Maio de 2006.

Pinho, Ana Filipa Antunes (2001), Migrações e Processos Comunicacionais. O Caso dos Brasileiros em Portugal, dissertação de mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação, Lisboa, ISCTE.

Piscitelli, Adriana (2006), “Brasileiras, migração e indústria do sexo”, comunicação ao I Seminário Luso-Brasileiro sobre Tráfico de Pessoas e Imigração Ilegal, SEF/MAI, Cascais, 22-24 de Maio de 2006.

Ribeiro, Manuela, e outros (2005), Prostituição Feminina em Regiões de Fronteira do Interior Norte de Portugal: Actores, Práticas e Processos, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Universidade do Minho, Universidade da Beira Interior, policopiado.

Rossi, Pedro Linhares (2004), “Remessas de imigrantes brasileiros em Portugal”, SOCIUS Working Papers, Lisboa, ISEG/UTL, 10/04.

Rossi, Pedro Linhares (2005), Remessas de Emigrantes: Pesquisa com Brasileiros em Portugal, monografia de bacharelado, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Instituto de Economia.

Salt, John (2000), “Trafficking and human smuggling: a European perspective”, International Migration, 38 (3), pp. 31-56.

Salt, John, e Jeremy Stein (1997), “Migration as a business: the case of trafficking”, International Migration, 35 (4), pp. 467-494.

Téchio, Kachia (2006a), “Conhecimentos de alterne: a outra diáspora das imigrantes brasileiras”, SOCIUS Working Papers, Lisboa, ISEG/UTL, 2/06.

Téchio, Kachia (2006b), “Imigrantes brasileiros não documentados: Uma análise comparativa entre Lisboa e Madrid”, SOCIUS Working Papers, Lisboa, ISEG/UTL, 1/06.

Time Magazine, “When the meninas came to town”, 12 de Outubro de 2003.

Vianna, Carlos (2003), A Comunidade Brasileira em Portugal, policopiado.

Villas-Bôas, Maria Xavier (2004), Redescobrindo o Brasil. Processos Identitários de Brasileiros em Portugal, dissertação de mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação, Lisboa, ISCTE.

 

 

* Sociólogo, é professor associado no Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG), Universidade Técnica de Lisboa. Investigador no SOCIUS (Centro de Investigação em Sociologia Económica e das Organizações), da mesma instituição. E-mail: jpeixoto@iseg.utl.pt

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons