SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número5Importância de factores extrapulmonares - depressão, fraqueza muscular, qualidade de vida - na evolução da DPOC índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Revista Portuguesa de Pneumologia

versão impressa ISSN 0873-2159

Rev Port Pneumol v.16 n.5 Lisboa set. 2010

 

Desafios para a Revista Portuguesa de Pneumologia

 

João Carlos Winck 1 e António Morais 2

1 Editor-in-Chief, Portuguese Journal of Pulmonology. e-mail: jwinck@hsjoao.min-saude.pt

2 Associate Editor, Portuguese Journal of Pulmonology. e-mail: amorais3@hotmail.com

 

Em 1980, era publicado o primeiro número do órgão oficial da Sociedade Portuguesa de Patologia Respiratória (SPPR). Nesse número dos chamados Arquivos da SPPR (Fig. 1), no primeiro editorial, o saudoso Professor Robalo Cordeiro explicava: «A SPPR, apoiada nos seus Arquivos, encetará agora, uma nova jornada na sua necessária cruzada em prol da Pneumologia nacional». Após 30 anos, por onde passaram um redactor-chefe (1980-89: Fontes Baganha), dois coordenadores do corpo redactorial (1989-92: Manuel Coelho, e de 1992-98: Renato Sotto-Mayor) e um Editor (de 1998-2009 Renato Sotto-Mayor), apetece-nos repetir aquelas palavras, devido aos desafios que nos esperam!

 

Fig. 1 – Capa do primeiro número dos Arquivos da SPPR

 

Dispomos pois de uma sólida base construída por todos os que trabalharam em prol da revista, passando pelos redactores/editores anteriores mas também por todos os membros dos respectivos conselhos científicos e autores.

A partir de agora, a Revista Portuguesa de Pneumologia (RPP) vai experimentar algumas mudanças, tendo sempre como objectivo a excelência e a competitividade, de modo a alcançar um lugar de destaque no âmbito das revistas da nossa especialidade. Em Portugal, já é uma das primeiras publicações a ser admitida nas bases de dados da ISI-Thomson e a obter um Índice de Impacto em 20111!

Ao contrário dos temores dos anos 90, em que se vivia uma época de relativo declínio do volume de artigos publicados pelos vários centros de Pneumologia2 em pleno século xxi, assistimos a um incremento da submissão de artigos. Se em 2009 a RPP recebeu 124 artigos, projectamos em 2010 bater esse recorde!

A partir deste número iniciamos a nova estrutura da RPP, com a sua organização da responsabilidade dos Editores nomeados pela nova direcção da SPP. Por isso, no elenco da revista, os nossos nomes já não vêm descriminados como Editores Interinos, mas sim como Editor Chefe e Editor Associado. Os artigos que aparecem neste número da RPP, recebidos entre Abril e Dezembro de 2009, já tinham sido avaliados pelo anterior editor e anterior conselho científico, tendo sido feitas algumas reavaliações por membros do actual Corpo Editorial e um revisor externo, o que se traduziu apenas em pequenas correcções. Incluímos cinco artigos originais, três casos clínicos, um artigo de revisão e um artigo especial. Nos próximos números tentaremos atingir o nosso objectivo de quatro artigos originais, dois casos clínicos e de apenas um artigo de revisão.

Tal como nos tínhamos proposto3, passa a acompanhar os artigos originais, e sempre que se justifique, um editorial comentando os mais relevantes ou aqueles que tenham algum fio condutor comum. No Editorial deste n.º 5, Fátima Rodrigues, uma das nossas editoras temáticas, explora os novos desafios da DPOC com uma reflexão de grande talento à luz dos conhecimentos mais actuais4. É desta «ciência» que a RPP necessita!

Nesta etapa de transição queremos preparar os ventos de mudança que se perspectivam para acompanhar «esta nova cruzada em prol da Pneumologia nacional»!

 

Bibliografia

1. Donato H. The Portuguese Journal of Pulmonology on the Science Citation Index - Rev Port Pneumol 2008; 14(6):725-726.        [ Links ]

2. Marques JA. Editorial. Rev Port Pneumol 1996; 2(3):165-166.        [ Links ]

3. Winck JC. A new era in the Portuguese Journal of Pulmonology: Looking forward to 2011. Rev Port Pneumol 2010; 16 (3):361-368.        [ Links ]

4. Rodrigues F. Role of extra-pulmonary factors – Depression, muscle weakness, health-related quality of life– In COPD evolution. Rev Port Pneumol 2010; 16 (5):709-715.        [ Links ]