SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 número4-5Determinação de Anticorpos Anti-Mielina na Esclerose MúltiplaSepsis por Escherichia coli Após Amniocentese do Segundo Trimestre índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Arquivos de Medicina

versão On-line ISSN 2183-2447

Arq Med v.22 n.4-5 Porto  2008

 

Contribuição para o Estudo da Adaptação Portuguesa da Entrevista de Diagnóstico das Perturbações do Comportamento Alimentar-IV (IDED-IV) Específica para a Anorexia Nervosa

 

Sandra Torres*, Marina Prista Guerra*, Leonor Lencastre*, Donald A. Williamson † †, António Roma-Torres‡, Filipa Vieira*

*Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto, Portugal; ††Pennington Biomedical Research Center and Department of Psychology, Louisiana State University, USA; ‡ Serviço de Psiquiatria, Hospital de São João, Porto, Portugal

 

Introdução: A entrevista é considerada um método de eleição na definição do diagnóstico das Perturbações do Comportamento Alimentar. Considerando a não existência de uma entrevista de diagnóstico para as Perturbações do Comportamento Alimentar de referência internacional que esteja adaptada para Portugal o presente estudo as-sume-se como um contributo para o processo de adaptação da Interview for the Diagnosis of Eating Disorders-IV (IDED-IV; Kutlesic, Williamson, Gleaves, Barbin, & Murphy-Eberenz, 1998) no que concerne ao diagnóstico específico da Anorexia Nervosa. Métodos: A versão portuguesa da IDED-IV foi aplicada a 98 participantes do sexo feminino com diagnóstico de Anorexia Nervosa definido previamente pela equipa médica responsável. Resultados: A aplicação da IDED-IV na amostra demonstrou uma consistência interna aceitável e uma elevada sensibilidade. Conclusões: Os resultados preliminares do estudo psicométrico da IDED-IV reforçam a utilização desta entrevista tanto em contexto clínico como na investigação.

Palavras-chave: anorexia nervosa; diagnóstico; entrevista semi-estruturada; estudo de adaptação.

 

Contribution to the Portuguese Adaptation of the Interview for the Diagnosis of Eating Disorders-IV (IDED-IV) specifically for Anorexia Nervosa

Introduction: The clinical interview is considered the gold standard for establishing the diagnosis of Eating Disorders. There is no internationally recognised semi-structured interview for eating disorders that has been validated for the Portuguese population. The present study developed an adaptation of the Portuguese version of the Interview for the Diagnosis of Eating Disorders-IV (IDED-IV; Kutlesic, Williamson, Gleaves, Barbin, & Murphy-Eberenz, 1998), specifically for the diagnosis of Anorexia Nervosa. Methods: The Portuguese version of IDED-IV was administered to 98 female participants with a diagnosis of Anorexia Nervosa previously established by a team of clinicians. Results: The administration of IDED-IV revealed acceptable internal consistency and high diagnostic sensitivity. Conclusions: The preliminary results of this psychometric study of the Portuguese version of IDED-IV reinforces its use for both clinical and research purposes.

Key-words: adaptation study; anorexia nervosa; diagnosis; semi-structured interview.

 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text only available in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS

1 -Lucas AR, Beard CM, O’Fallon WM, Kurland LT. 50-year trends in the incidence of anorexia nervosa in Rochester, Minn.: A population-based study. Am J Psychiatry 1991; 148:917-22.

2 -Pawluck DE, Gorey KM. Secular trends in the incidence of anorexia nervosa: Integrative review of population-based studies. Int J Eat Disord 1998;23:347-52.

3 -Azevedo MH, Ferreira CP. Anorexia nervosa e bulimia: A prevalence study. Acta Psychiatr Scand 1992;86:432-6.

4 -Gonçalves S. Perturbações do Comportamento Alimentar: Estudo da prevalência junto de uma população universitária feminina. Tese de mestrado não publicada, Instituto de Educação e Psicologia, Universidade do Minho;1998. 118

5 -Carmo I, Reis D, Varandas P, et al. Epidemiologia da anorexia nervosa: Prevalência da anorexia nervosa em adolescentes do sexo feminino nos distritos de Lisboa e Setúbal. Acta Med Port 2001;14:301-16.

6 -Queirós LP.Autoimagem quanto à aparência física da população feminina em idade escolar: Abordagem na óptica da capacitação para autogerir a saúde e seus factores. Tese de mestrado não publicada, Escola Nacional de Saúde Pública, Universidade de Lisboa; 2001.

7 -Baptista F, Sampaio D, Carmo I, Reis D, Galvão-Teles A. The prevalence of disturbances of eating behaviour in a Portuguese female university population. Eur Eat Disord Rev 1996:4;260-70.

8 -Crowther J, Sherwood N. Assessment. In: Garner DM, Garfinkel PE, editors. Handbook of Treatment for Eating Disorders. New York: The Guildford Press; 1997. p.34-49

9 -Rosen DS, Demitrack MA. Eating Disorders and disordered eating. In: Knesper DJ, Riba MB, Schwenk TL, editors. Primary Care Psychiatry. Philadelphia: Saunders; 1997. p.343-53.

10 -Sierra JC, Buela-Casal G, Ambrosio I. Evaluación y tratamiento de los trastornos alimentarios. In: Buela-Casal G, Sierra JC, editors. Manual de evaluación y tratamientos psicológicos. Madrid: Editorial Biblioteca Nueva; 2001. p. 571-61.

11 -Garner DM. Measurement of eating disorder psychopathology. In: Brownell KD, Fairburn CG, editors. Eating disorders and obesity. New York: The Guilford Pres;1995. p. 117-121.

12 -Heffernan K.Assessment of eating disorders. J Ment Health 1995:4;443-9.

13 -Anderson DA, Lundgren JD, Shapiro JR, Paulosky CA. Assessment of Eating Disorders. Behav Modif 2004:28; 763-82.

14 -Bouça D, Sampaio D. Avaliação clínica nas doenças do comportamento alimentar. Rev Port Psicoss 2002:4; 121-33.

15 -Williamson DA. Assessment of eating disorders: Obesity, anorexia, and bulimia nervosa. New York: Pergamon Press; 1990.

16 -American Psychiatric Association. Diagnostic and statistical manual of mental disorders. 3rd ed. Washington, DC: Author; 1987.

17 -Kutlesic V, Williamson D, Gleaves D, Barbin J, Murphy-Eb-erenz K. The interview for diagnosis of eating disorders-IV: Application to DSM-IV diagnostic criteria. Psychol Assess 1998:10;41-8.

18 -American Psychiatric Association. Diagnostic and statistical manual of mental disorders. 4rd ed. Washington, DC: Author; 1994.

19 -Torres S. O corpo e o silêncio das emoções: Estudo da alexitimia na anorexia nervosa. Tese de doutoramento não publicada, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, Universidade do Porto; 2005.

20 -Ribeiro JPL. Investigação e avaliação em psicologia e saúde. Lisboa: Climepsi; 1999.

21 -Alberg AJ, Park JW, Hager BW, Brock MV, Diener-West M. The use of “overall accuracy” to evaluate the validity of screening or diagnostic tests. J Gen Intern Med 2004: 19;460-5.

22 -Almeida LS, Freire T. Metodologia da investigação em Psicologia e Educação. 3ª ed. Braga: Psiquilíbrios; 2003.

23 -Nunnally JC, Bernstein IH. Psychometric theory. 3rd ed. New York: McGraw-Hill; 1994.

24 -Giles DC. Advanced research methods in psychology. New York: Routledge; 2002.

25 -Strober M, Freeman R, Morrell W. Atypical anorexia nervosa: Separation from typical cases in course and outcome in a long-term prospective study. Int J Eat Disord 1999: 25;135-42.

26 - Dancyger IF, Garfinkel PE. The relationship of partial syndrome eating disorders to anorexia nervosa and bulimia nervosa. Psychol Med 1995:25;1019-25.

 

Correspondência:

Dr.ª Sandra Torres

Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação

Universidade do Porto

Rua Dr. Manuel Pereira da Silva

4200-392 Porto

e-mail: storres@fpce.up.pt

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons