SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número4Uma análise da dependência de drogas numa perspectiva fenomenológica existencialBullying: a provocação/vitimação entre pares no contexto escolar português índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Análise Psicológica

versão impressa ISSN 0870-8231

Aná. Psicológica v.19 n.4 Lisboa out. 2001

 

Arriscar morrer para sobreviver

Olhar sobre o suicídio adolescente (*)

ABÍLIO OLIVEIRA (**)

LÍGIA AMÂNCIO (**)

DANIEL SAMPAIO (***)

 

 

RESUMO

No quadro de uma investigação empírica sobre as representações sociais da música, da morte e do suicídio na adolescência, apresentamos neste artigo alguns resultados de perguntas comuns a dois estudos diferentes, com adolescentes da cidade de Lisboa. Destacamos, na análise de resultados, os efeitos das variáveis sexo e grupo etário na ideação de suicídio, ideação de morte, comportamentos de risco, comportamentos de auto-mutilação e nas tentativas de suicídio. Uma vez que se trata de uma análise fundamentalmente descritiva, abordamos nos nossos comentários finais possíveis implicações para estes dados no domínio da prevenção das condutas suicidas e apontamos para linhas de pesquisa que pretendemos desenvolver para uma mais ampla compreensão do complexo fenómeno do suicídio na adolescência.

Palavras-chave: Suicídio, parasuicídio, morte, adolescência, sobrevivência.

 

ABSTRACT

The results reported in this paper are related to some common questions from two different studies and belong to a larger research project on social representations of music, death and suicide among Portuguese adolescents, from Lisbon. Analysing the results, we emphasize the effects of the variables sex and age group on the suicide ideation, death ideation, risk-taking behaviours, self-mutilation behaviours and on the suicide attempts. Though this data analysis is mainly descriptive, we proceed to some comments about it's implications on the prevention of suicidal behaviours. And we point out to the research lines we pretend to continue developing, aiming a larger comprehension of the complex phenomenon of adolescent suicide.

Key words: Suicide, parasuicide, death, adolescence, survive.

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text only available in PDF format.

 

REFERÊNCIAS

Blackburn, B. (1982). What you should know about suicide. Waco: Word Books.         [ Links ]

Bouça, D. (1997). Madrugada de lágrimas. Porto: Edinter.         [ Links ]

Braconnier, A., & Marcelli (2000). As mil faces da adolescência. Lisboa: Climepsi.         [ Links ]

Campos, D. (2000). Psicologia da adolescência. Petrópolis: Vozes (17.ª ed.).

Cassorla, R. (Ed.) (1991). Do suicídio - Estudos brasileiros. São Paulo: Papirus.         [ Links ]

Cimbolic, P., & Jobes, D. (1990). Youth suicide. Illinois: Charles C. Thomas.         [ Links ]

Coleman, J. et al. (1995). Teenage suicide and self-harm. Brighton: Trust for the Study of Adolescence.         [ Links ]

Costa, M. (1998). Novos encontros de amor. Porto: Edinter.         [ Links ]

Fleming, M. (1983). A separação adolescente-progenitores. Análise Psicológica, 3 (4), 521-542.         [ Links ]

Fleming, M. (1992). Autonomia adolescente e atitudes dos pais. Psicologia, 8 (3), 301-315.         [ Links ]

Fleming, M. (1993). Adolescência e autonomia. Porto: Afrontamento.         [ Links ]

GAP (1996). Adolescent suicide. Washington: American Psychiatric Press (formulated by the Committee on Adolescence, Group for the Advancement of Psychiatry, Report Nº 140).

Hanus, M. (1998). Éditorial. In M. Hanus (Ed.), L'adolescent et la mort. Études sur la Mort, 113, 5-9.         [ Links ]

Heaven, P. (1994). Contemporary adolescence. Melbourne: Macmillan Educ. Australia.         [ Links ]

Huyghe, R. (1986). O poder da imagem. Lisboa: Edições 70.         [ Links ]

Jodelet, D. (1984). Représentation sociale: phénomenes, concept et théorie. In S. Moscovici (Ed.), Psychologie Sociale. Paris: PUF.         [ Links ]

Ladame, F. et al. (1995). Adolescence et suicide. Paris: Masson.         [ Links ]

Laufer, M. (2000). O adolescente suicida. Lisboa: Climepsi.         [ Links ]

Levenkron, S. (1999). Cutting. New York: Norton Company.         [ Links ]

Lightfoot, C. (1997). The culture of adolescent risk-taking. New York: Guilford Press.         [ Links ]

Lisboa, J. (org.) (1998). Kurt Cobain – Odeio-me e quero morrer. Lisboa: Assírio & Alvim.

Macfarlane, A., & McPherson, A. (2001). Adolescentes: da agonia ao ecstasy. Lisboa: Publicações Europa-América.         [ Links ]

Menninger, C. (1938). Man against himself. New York: Harcourst Brace.         [ Links ]

Moscovici, S. (1961). La psychanalyse, son image et son public. Paris: PUF.         [ Links ]

Moscovici, S. (1981). On social representations. In J. P. Forgas (Ed.), Social cognition - Perspectives on everyday understanding. London: Academic Press.         [ Links ]

Moscovici, S. (1988). Notes towards a description of social representations. European Journal of Social Psychology, 18, 211-250.         [ Links ]

Moscovici, S. (1994). Prefácio. In P. Guareschi & S. Jovchelovitch (Eds.), Textos em representações sociais. Petrópolis: Vozes.         [ Links ]

O’Connor, R., & Sheehy, N. (2000). Understanding suicidal behaviour. London: British Psychol. Society.         [ Links ]

Oliveira, A. (1995). Percepção da morte: A realidade interdita. Tese de Mestrado. Lisboa: ISCTE.         [ Links ]

Oliveira, A. (1999). O desafio da morte. Lisboa: Editorial Notícias.         [ Links ]

Oliveira, A. (1999b). Adolescência - emoções à flor da pele. Biosofia, 2, 8-11.         [ Links ]

Oliveira, A. (2001). SobreViver. Lisboa: Âncora Editora.         [ Links ]

Oliveira, A. et al. (2001). As preocupações dos jovens face ao suicídio - Representações sociais do suicídio na adolescência. Psiquiatria Clínica, 22 (1), 41-48.         [ Links ]

Oliveira, A., & Amâncio, L. (1999). A influência do contexto na percepção e nas representações sociais da morte. Psicologia, 13 (2), 213-235.         [ Links ]

Patros, P., & Shamoo, T. (1989). Depression and suicide in children and adolescents. Boston: Allyn and Bacon.         [ Links ]

Pommereau, X. (1997). Quando o adolescente se sente mal... Lisboa: Terramar.         [ Links ]

Prats, L. (1987). Aspectos culturais do suicídio. Psicologia, 2, 181-187.         [ Links ]

Ramos, C. (2000). Suicídio e tempestades magnéticas. Coimbra: Quarteto.         [ Links ]

Rioch, S. (1995). Suicidal children and adolescents. Durham: Celia Publications.         [ Links ]

Robbins, P. (1998). Adolescent suicide. North Carolina: McFarland & Comp.         [ Links ]

Rodrigues, A. (1997). Valores e representações corporais em culturas juvenis escolares. Tese de Mestrado. Lisboa: FMH-UTL.         [ Links ]

Sampaio, D. (1991). Ninguém morre sozinho. Lisboa: Editorial Caminho.         [ Links ]

Sampaio, D. (1993). Vozes e ruídos. Lisboa: Editorial Caminho.         [ Links ]

Sampaio, D. (1996). Voltei à escola. Lisboa: Editorial Caminho.         [ Links ]

Sampaio, D. (1997). A cinza do tempo. Lisboa: Editorial Caminho.         [ Links ]

Sampaio, D. (2000). Tudo o que temos cá dentro. Lisboa: Editorial Caminho.         [ Links ]

Sampaio, D. (2000b). Criar proximidade. Notícias Magazine, 440 (29-10-2000), 5 (D.N., 48067).         [ Links ]

Sampaio, D. et al. (2000). Representações sociais do suicídio em adolescentes - As explicações dos jovens. Análise Psicológica, 18 (2), 139-155.         [ Links ]

Santos, J. (1983). Ensaios sobre educação - II. Lisboa: Livros Horizonte.         [ Links ]

Santos, N., & Sampaio, D. (1997). Adolescentes em risco de suicídio: a experiência do Núcleo de Estudos do Suicídio. Psiquiatria Clínica, 18 (3), 187-194.         [ Links ]

Saraiva, C. (1997). Para-suicídio - contributo para uma compreensão clínica dos comportamentos suicidários recorrentes. Tese de Doutoramento. Coimbra: Universidade de Coimbra.        [ Links ]

Saraiva, C. (1999). Para-suicídio. Coimbra: Quarteto.        [ Links ]

Shneidman, E. (1981). Suicide thoughts and reflections, 1960-1980. London: Human Sciences Press.        [ Links ]

Shneidman, E. (1996). The suicidal mind. Oxford: Oxford University Press.        [ Links ]

Silva, A. (2000). Textos e ensaios filosóficos II. Lisboa:Âncora Editora.         [ Links ]

Stengel, E. (1980). Suicídio e tentativa de suicídio. Lisboa: Publicações Dom Quixote.         [ Links ]

 

 

(*) Este artigo reporta-se a dados parciais de um conjunto de estudos que estão a ser desenvolvidos no âmbito de um trabalho de doutoramento em psicologia social, que está a ser realizado no Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa - no Departamento de Psicologia Social e das Organizações - , orientado pela Prof. Doutora Lígia Amâncio e pelo Prof. Doutor Daniel Sampaio intitulado «Ilusões: A melodia e o sentido da vida na idade das emoções - Representações sociais da morte, do suicídio e da música na adolescência».

(**) Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa, Lisboa.

(***) Faculdade de Medicina de Lisboa. Coordenador do Núcleo de Estudos do Suicídio, no Serviço de Psiquiatria, do Hospital de Santa Maria, Lisboa.

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons