SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 número1Literacia - O papel da família na sua apreensãoExperiência escolar e julgamentos acerca da autoridade índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Análise Psicológica

versão impressa ISSN 0870-8231

Aná. Psicológica v.17 n.1 Lisboa mar. 1999

 

O conflito na sala de aula: Representações mobilizadas por professores (*)

 

Ana Carita(**)

 

RESUMO

Pretende-se dar conta de parte de uma investigação realizada no âmbito da relação pedagógica e particularmente da relação pedagógica em situação de conflito na aula.

Visou-se, entre outros objectivos, explorar as representações sociais de professores do 3.º ciclo sobre o conflito na aula – a significação e origem que lhe atribuem e as modalidades de gestão que vulgarmente mobilizam.

O artigo apresenta a seguinte estrutura: em primeiro lugar definimos o campo da relação pedagógica tal como nós a postulamos. Em segundo lugar referimo-nos ao estudo da relação pedagógica, sumariando brevemente algumas correntes de investigação e desenvolvendo a referência a estudos que valorizam a exploração dos fenómenos representacionais como um contributo importante para a compreensão da relação pedagógica (Gilly, Mollo, Meyer, Estrela). De seguida apresentam-se e comentam-se os dados recolhidos no âmbito da nossa investigação, os dados relativos à representação do conflito na aula.

Palavras-chave: Relação pedagógica, representações, conflito, indisciplina.

 

ABSTRACT

The purpose of the research is to give us un orview of the pedagogical relationship in the classroom mainly about conflict situations.

It was our aim to explore the high teacher's representations about the conflict in the classroom – their attributions about his meaning and origins and the managing skills that they usually mobilize.

This article as the following structures: first we present our conceptions of pedagogical relationship. Then we describe some empirical researches about this field and it is made a synthesis of the several lines in this area of investigation, referring some studies that explore the importance of the representations toward the explore relationship understanding.

In the end we present and comment the data of our research and wich are related to the conflict representation in the classroom.

Key words: Pedagogical relationship, representations, conflict, indiscipline.

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text only available in PDF format.

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Abric, J.-C. (1987). Coopération, compétition et representations sociales. Cousset: Ed. Delval.        [ Links ]

Carita, A., & Fernandes, G. (1998). Indisciplina na sala de aula. Como prevenir? Como remediar?. Lisboa: Ed. Presença.

Coll, C., & Solé, I. (1990). La interacción professor aluno en el proceso de enseñanza y aprendizage. In C. Coll, et al., Desarolo psicológico y education, II. Madrid: Alianza.

Delamont, S. (1977). Interacção na sala de aula. Lisboa: Livros Horizonte.

Estrela, M. T. (1986). Une étude sur l’indiscipline en classe. Lisboa: INIC.

Gilly, M. (1980). Maître-élève. Rôles institutionelles et representations. Paris: PUF.

Hargreaves, D. (1978). Deviance: The interactionist approach. In B. Gilhaum (Ed.), Reconstructing educational psychology. London: Croom Helm.

Hargreaves, D. (1978). Las relaciones interpersonales en la education. Madrid: Narcea.

Meyer, R. (1974-75). Les significations de la sanction à l’école par l’étude de sa representation chez les enseignants. Bulletin de Psychologie, 28 (314), 316-320.

Meyer, R. (1979-80). Statut de la sanction et images de l’enfant dans la representation de l’enseignant à l’école élémentaire. Bulletin de Psychologie, 33 (343), 21-24.

Mollo, S. (1979). A escola na sociedade. Lisboa: Edições 70.

Mollo, S. (1986). La sélection implicite à l’école. Paris: PUF.

Suchodolski, B. (1972). A pedagogia e as grandes correntes filosóficas. Lisboa: Livros Horizonte.

 

 

(*) Comunicação apresentada no Seminário «Indisciplina e Agressividade no Espaço Escolar», Lisboa, Instituto Irene Lisboa, 1995.

(**) Instituto Superior de Psicologia Aplicada. Membro da Unidade de Investigação em Psicologia Cognitiva do Desenvolvimento e da Educação.

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons