SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número3Desenvolvimento comunitário e reabilitação na comunidadeEthos de escola e contexto multicultural: Mote para alguns (re)encontros índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Análise Psicológica

versão impressa ISSN 0870-8231

Aná. Psicológica v.15 n.3 Lisboa set. 1997

 

Ajuda-mútua e reabilitação (*)

 

Fátima Jorge Monteiro (**)

 

RESUMO

A ajuda-mútua é um dos movimentos mais significativos da actualidade. O contexto de suporte, o companheirismo que proporcionam permite, aos membros que os frequentam, readquirir o equilíbrio de que necessitam através de um relacionamento de igualdade e proximidade.

Palavras-chave: Ajuda-mútua, Suporte, Empowerment, Participação comunitária.

 

ABSTRACT

The self-help mutual aid is a significant social movement. Self-help groups develop a context where support meets the members needs through friendship and on egalitarian relationships.

Key words: Self-help, Support, Empowerment, Community participation.

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text only available in PDF format.

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Boorkman, T., & Schubert, M. (1994). Participatiory Action Research as a Strategy for Studying Self-Help Groups Internationaly. Prevention in Human Services, 11 (1/2), 45-68.         [ Links ]

Boorkman, T. (1991). Introduction to Special Issue. American Journal of Community Psychology, 19 (5), 643-650.

Chamberlim, J., Rogers, S., & Ellison, L. (1996). Self-help programs: Description of their characteristics and their members. Psychosocial Rehabilitation Journal, 19 (3), 33-42.

Kieffer, C. (1987). Citizen empowerment: A developmental perspective. Prevention in Human Services, 3 (2/3), 9-36.

Medvene, L. (1990). Selected highlights of research effectiveness of self-help groups. Lausing: Michigan Self-Help Clearinghouse.

Rappaport, J. (1990). Desinstitucionalização: Empowerment e interajuda. O papel dos técnicos de saúde mental no século XXI. Análise Psicológica, 8 (2), 143-162.

Rappaport, J. (1995). Empowerement meets narrative: Listening to stories and creating settings. American Journal of Community Psychology, 23 (5), 795-807.

Rappaport, J., Seidman, E., Toro, P. A., McFadden, L. S., Reischl, T. M., Roberts, L. J., Salem, D. A., Stein, C. H., & Zimmerman, M. A. (1985). Collaborative research with a mutual help organization. Social Policy, Winter, 12-24.

Riessman, F. (1990). Restructuring Help: A Human Services Paradigm for the 1990’s. American Journal of Community Psychology, 18 (2), 221-230.

Silva, A. (1993). Grupos de ajuda mútua de doentes mentais na perspectiva dos seus membros. Monografia de fim de curso, Lisboa, ISPA.

Unger, K. (1990). Reabilitação psiquiátrica. Filosofia, princípios e investigação. Análise Psicológica, 8(2), 163-169.

 

(*) Comunicação apresentada na 1.ª Conferência «Reabilitação e Comunidade», ISPA, Lisboa, Junho de 1996.

(**) Associação para o Estudo e Integração Psicossocial.

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons