SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número3Alternatives to inpatient evaluations of fitness to stand trialDoença e grupo doméstico entre os Mapuche (Vale Central do Chile) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Análise Psicológica

versão impressa ISSN 0870-8231

Aná. Psicológica v.15 n.3 Lisboa set. 1997

 

«Aventura social» na multicultura (*)

 

Margarida Gaspar De Matos (**)

 

 

RESUMO

Este trabalho descreve a aplicação de um programa de promoção de competências sociais, a um grupo de 60 jovens, alunos do 1.°, 2.°, 3.° ciclo, com idades compreendidas entre os 6 e os 13 anos, sendo 35% de ascendência portuguesa e 65% filhos de imigrantes de países Africanos de expressão Portuguesa, maioritariamente Caboverdianos. Estes jovens frequentam três Escolas do Concelho da Amadora duas do 1.° ciclo e uma B2+3.

Estes jovens, incluidos no projecto «Aventura social», frequentaram um programa de promoção de competências de relacionamento interpessoal (Matos 1993, 1994), que incluiu três componentes: 1) comunicação interpessoal verbal e não verbal; 2) resolução de problemas e gestão de conflitos; 3) promoção de competências sociais básicas e da assertividade.

Como avaliação pre-pós utilizou-se um sociograma de classificação. De acordo com esta medida os jovens foram significativamente avaliados de maneira mais positiva pelos colegas na pós avaliação. Os jovens com estatuto socio-económico médio obtiveram significativamente melhores resultados sociométricos. «Per si», a sua ascendência (português ou imigrante) não pareceu determinante na obtenção de bons resultados.

Palavras-chave: Desenvolvimento, Competência social, Promoção de competências, Multicultura, Exclusão social.

 

ABSTRACT

This work aims at describing a Social Skills Promotion program with a group of 60 youngsters, aged between 6 and 13, attending regular schools, 35% with a Portuguese background and 65% with an Portuguese speaking African background (mostly Cap Vert). This program included three main contents (Matos, 1993, 1994): 1) interpersonal communication – verbal and non-verbal; 2) problem solving and conflict management; 3) social skills and assertiveness promotion.

A sociogram was used as a pre-post evaluation. According to this evaluation children were rated significantly more positively in post evaluation. Youngsters with average SES, reached higher improvements. Background (Portuguse or African) was not «per si» relevant except when coinciding with a poverty status.

Key words: Development, Social competence, Promoting competence, Multicultural, Social withdrawal.

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text only available in PDF format.

 

REFERÊNCIAS

Caldeira, C. (1980). Análise sociopsiquiátrica de uma comunidade terapêutica. Dissertação de Doutoramento, Lisboa: Faculdade de Medicina (Não publicada).         [ Links ]

Costa, A. (1994). Exclusão social e minorias culturais. Diálogo Entreculturas, SCPEM,10

Ferra, A. (1992). Anima – Pedagogia e animação comunitária. Lisboa: Ass. Comunitária de Saúde Mental Lisboa.

Filho, J. L. (1993). Os filhos dos imigrantes caboverdianos e o insucesso escolar. Diálogo Entreculturas, SCPEM, 3.

Guerra, I. (1993). Contexto e enquadramento do projecto de educação multicultural. Multiculturalismo, ME, Ed Forma, 10-13.

Lebart, L, Morineau, A., & Lamber, T. (1988). SPAD.N Système portable pour l´analyse des données, version 1.2. Manuel de référence. Paris: CISIA.

Matos, M. G. (1993). Perturbações do comportamento social. Lisboa, Faculdade de Motricidade Humana, tese de doutoramento, não publicada.

Matos, M. G. ( 1994). Corpo, movimento e socialização. R.J., Sprint

Matos, M. G. (1997). Comunicação e gestão de conflitos na Escola. Lisboa: CDI, Faculdade de Motricidade Humana.

Menezes, M., & Cunha, C. (1987). Caboverdianos em Portugal. Terra Solidária, 6, 3-4.

Trindade, M. (1995). Inserção, exclusão, educação. Educação e Ensino, 7,10.

 

(*) Colaboração, no trabalho de campo, de Sandra Santos, Gabriela Simão, Susana Pacheco, Ana Oliveira, Lic EER. FMH/UTL.

(**) Faculdade de Motricidade Humana, Universidade Técnica de Lisboa.

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons