SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número1Handbook Of Organization Studies índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Análise Psicológica

versão impressa ISSN 0870-8231

Aná. Psicológica v.15 n.1 Lisboa mar. 1997

 

Introduction À La Psychopathologie De L´Adulte(1995) - Évelyne Pewzer. Paris: Armand Colin Éditeur.

 

Évelyne Pewzer é psiquiatra e professora de Psicologia Clínica e Patológica na Universidade de Picardie, investigando sobre os aspectos históricos e antropológicos da Psicopatologia. Já anteriormente conhecida pelos seus trabalhos «L´Homme coupable. La folie et la faute en Occident» (Privat, 1992) e «Le Fou, l´alie-né, le patient. Naissance de la psychopathologie» (Dunod, 1995), publicou também em 1995 este livro de introdução à psicopatologia do adulto que pode ser muito útil para quem se inicia.

O livro apresenta as principais manifestações patológicas do funcionamento mental, após uma introdução à importância do estudo da história da Psicopatologia, nomeadamente para a compreensão do seu processo de construção do conhecimento e do próprio estado actualda ciência psicopatológica. É raro encontrar-se numa obra de introdução uma perspectiva tão clara sobre aspectos históricos e antropológicos em psicopatologia. Segue-se uma revisão da semiologia das perturbações do funcionamento mental, nomeadamente na perspectiva clínico-descritiva subdividida em 3 partes: comportamento, estado mental actual e personalidade. Trata-se aqui de um texto muito claro mas muito sintético que, com as vantagens da habitual perspectiva sistematizada da escola francesa, não dispensa uma continuação e um aprofundamento noutros textos.

Seguidamente, vários capítulos apresentam as diferentes manifestações psicopatológicas: psicoses orgânicas, psicoses funcionais, depressões e outras perturbações do humor, neuroses, doenças psicossomáticas, perturbações do comportamento sexual e, final-mente, perturbações de personalidade. Em cada uma destas situações a autora faz a descrição dos aspectos clínicos mais típicos e sublinha a necessidade de um conhecimento clínico rigoroso para poder vir a abordar os aspectos compreensivos.

A originalidade deste trabalho, quando comparado com outros do mesmo género, é a profusão de exemplos clínicos e de extractos de textos de autores de referência - G. Lantéri-Laura, Ph. Pinel, S. Freud, J. Lacan,

P. Sérieux e J. Capgras e E. Kraepelin, entre outros. Osexemplos destacam múltiplos aspectos semiológicos e relacionais, e evidenciam como a procura do significado está subordinada à abordagem empírica. Os extractos de outros autores não só fazem emergir o seu grande interesse histórico, mas também podem constituir motivos para que o leitor aprofunde a sua reflexão. Há praticamente sempre também uma referência às atitudes terapêuticas e às abordagens teóricas. Neste último caso trata-se, na maioria das vezes, de um conjunto muito breve de conceptualizações.

A colecção Cursus na qual este livro foi publicado é apresentada como «uma colecção de livros de síntese para começar pelo essencial», que é justamente a melhor definição do livro de E. Pewzer. Concordamos que os seus destinatários preferenciais são os estudantes de Psicologia e de Medicina, na sua fase inicial de estudo. Para os primeiros constitui uma excelente introdução ao estudo de psicopatologia geral e de psicopatologia clínica do adulto. Para os segundos po-de permitir uma inicial abordagem da propedêutica e semiologia psiquiátricas.

José A. Carvalho Teixeira

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons