SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número3O Escurecimento do Altar da Sé do Porto: Um Caso de Corrosão Atmosférica índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Corrosão e Protecção de Materiais

versão impressa ISSN 0870-1164

Corros. Prot. Mater. v.27 n.3 Lisboa set. 2008

 

Corrosão e Conservação de Estátuas de Liga de Cobre

 

I. Rute Fontinha(1) e M. Manuela Salta(1)(*)

 

 

RESUMO

As esculturas de exterior em liga de cobre, sem a aplicação de medidas de protecção, podem mostrar aceleração da degradação devido à corrosão, agravada pelo aumento da poluição atmosférica associado ao desenvolvimento industrial e social do último século. Da corrosão resulta a alteração cromática da superfície das estátuas, com a formação de patinas de cor verde e preta, cujas características definem níveis de risco de degradação e, consequentemente, o tipo de intervenção a que a escultura deverá ser submetida para a sua conservação. Neste artigo abordam-se os processos de corrosão mais comuns em estátuas de ligas de cobre expostas no exterior e descreve-se a formação, composição e estrutura das patinas resultantes dessa corrosão. Referem-se ainda alguns aspectos sobre a conservação deste tipo de obras de arte.

Palavras chave: Corrosão Atmosférica, Estátuas, Ligas de Cobre, Patinas, Conservação.

 

 

Corrosion and Conservation of copper alloy statues

 

Abstract

Copper alloy sculptures subjected to the atmospheric exposure without appropriate corrosion protective measures show accelerated degradation due to corrosion, enhanced by the rise in atmospheric pollution resulting from industrial and social development of the last century. Corrosion causes chromatic changes on surface with formation of black and green patinas, whose characteristics define levels of risk of degradation, therefore the type of conservation needed for its preservation. In this paper the atmospheric corrosion process of copper alloy statues is focused, describing patinas formation, constitution and structure. Additionally, some aspects related with conservation of this type of monument are referred.

Keywords: Atmospheric Corrosion, Copper Alloy, Sculptures, Patinas, Conservation.

 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text only available in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS

 

[1] J. Pühringer, B. Johnson (Performance of Utility Bronzes in Public - from Information Processing to a Variant of Preservation Strategy), in Wiener Berichte Über Naturwissenschaft in Der Kunst, Doppelband 4/5 1987/88, Wien, 64 (1988).

[2] H. Strandberg, (Perspectives on Bronze Sculpture Conservation – Modeling Copper and Bronze Corrosion), Doctoral dissertation in Environmental Science, Göteborg University (1997).

[3] M. Leoni, (Elementi di Metallurgia Applicata al Restauro delle Opere d'Arte), Opus Libri, Firenze (1984).        [ Links ]

[4] I. R. Fontinha e M. Salta (Diagnóstico da corrosão na Estátua de D. Pedro IV no Porto), Relatório LNEC, Nº 302/96-NQ/DMC, LNEC, Lisboa (1996).

[5] M. Salta e I. R. Fontinha (Diagnóstico da Corrosão nas Estátuas Metálicas do Monumento ao Duque de Saldanha em Lisboa), Relatório LNEC, Nº 309/98-NQ, LNEC, Lisboa (1998).

[6] M. Salta e I. R.  Fontinha (Diagnóstico da Estátua de D. José I em Lisboa), Relatório LNEC, Nº 313/98 -NQ, LNEC, Lisboa (1998).

[7] I. R. Fontinha e M. Salta (Diagnóstico da corrosão na Estátua de D. João VI  no Porto), Relatório LNEC, Nº 303/96-NQ/DMC, LNEC, Lisboa (1996).

[8] I. R. Fontinha e M. Salta (Diagnóstico da corrosão no Monumento a Júlio Dinis no Porto), Relatório LNEC, Nº 304/96-NQ/DMC, LNEC, Lisboa (1996).

[9] M. Salta e I. R. Fontinha (Corrosão das Estátuas de Bronze do Monumento ao Marquês de Pombal), Relatório Nº 266/98-DMC, LNEC, Lisboa (1998).

[10] L. S. Selwyn et al., Stud. Conserv., 41, 205 (1996).

[11] T. E. Graedel et al., Corros. Sci., 27, 639 (1987).

[12] I. Fonseca  (Corrosão Atmosférica do Cobre) in Corrosão Atmosférica – Mapas de Portugal, (M. Elisabete M. Almeida e Mário S. G. Ferreira, ed.), INETI, Lisboa (1998).

[13] A. Krätschmer, I. O. Wallinder and C. Leygraf, Corros. Sci., 44, 425 (2002)

[14] K. E. Holm et. al., (New conservation methods for outdoor bronze sculptures - Contribution from the National Museum of Denmark and the Danish Technological Institute) in  Protection and conservation of European cultural Heritage, Research report No 3, EUR 16637 EN (1996).

[15] P. Fiorentino et al., Stud. Conserv., 27, 145 (1982).

[16] J. Ashurst, N. Ashurst, G. Wallis, D. Toner (Metals) in Practical Building Conservation: English Heritage technical handbook ) Vol. 4, Jonh & Nicola Ashurst, Gower Technical Press, Hants (1989).

[17] H. Strandberg L. G. Johansson, J. Rosval (Outdoor Bronze Sculptures – A Conservation View on the Examination of the State of Preservation), in ICOM Committee for Conservation – Working group B14, Vol.II - Metals, 894 (1996).

[18] M. Salta e I. R. Fontinha (Recomendações sobre a conservação de esculturas urbanas de ligas de cobre), Relatório LNEC, Nº 61/2001 - NQ, LNEC, Lisboa (2001).

 

 

(1) Laboratório Nacional de Engenharia Civil, Av. do Brasil, 101, 1700-066 Lisboa

(*) A quem a correspondência deve ser dirigida, e-mail: msalta@lnec.pt

 

Artigo submetido em Maio de 2008 e aceite em Junho de 2008