SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número182Limpeza ritual e reintegração pós-guerra em MoçambiqueUsos da cidade: conflitos simbólicos em torno da memória e imagem de um bairro índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Análise Social

versão impressa ISSN 0003-2573

Anál. Social  n.182 Lisboa jan. 2007

 

Casa dos homens, casa de Deus

 

Clara Mafra*

 

Partindo da ideia de que a história incorporada na arquitectura de um prédio revela apenas não o já dito, mas aspectos inusitados do grupo que se envolveu na sua construção, este artigo explora a instalação e desenvolvimento da igreja pentecostal Assembleia de Deus no Brasil, tendo alguns dos seus templos e catedrais como índice, e destaca as homologias entre as igrejas e a habitação popular no Brasil.

Palavras-chave: arquitectura; modos de habitar; periferia; pentecostalismo.

 

Maison des hommes, maison de Dieu

En partant de l'idée que l'histoire incorporée dans l'architecture d'un bâtiment révèle non pas uniquement le déjà dit, mais des aspects inusités du groupe qui s'est impliqué dans sa construction, cet article exploite l'installation et le développement de l'église pentecôtiste Assemblée de Dieu au Brésil, en prenant comme référence certains de ses temples et cathédrales, et souligne les homologies entre ces églises et le logement populaire au Brésil.

Mots clés: architecture; modes d'habiter; périphérie; pentecôtisme.

 

House of men, house of God

Starting out from the idea that the history embodied in a building's architecture reveals not only that which has already been recounted, but unusual aspects of the group involved in its construction, this article examines the establishment and development of the Pentecostal Assembly of God church in Brazil, based on some of its temples and cathedrals, and it highlights the similarities between the churches and social housing in Brazil.

Keywords: srchitecture; modes of living; periphery; pentecostalism.

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text only available in PDF format.

 

Bibliografia

Abumanssur, E. S. (2001), «Moradas de Deus. Representação arquitetônica do espaço sagrado entre protestantes e pentecostais», in tese de doutorado, PUC-SP, mimeo.        [ Links ]

Almeida, R. (2004), «Religião na metrópole paulista», in RBCS, vols. 19-56, outubro.

Anónimo (1997), As Assembléias de Deus no Brasil, Rio de Janeiro, CPAD.

Berg, D. (1995), Daniel Berg. Enviado de Deus, Rio de Janeiro, CPAD.

Caldeira, T. P. R. (2000), Cidade de Muros — crime, segregação e cidadania em São Paulo, São Paulo, Edusp.

Campos, L. S. (1997), Teatro, Templo e Mercado: uma análise da organização, rituais, marketing e eficácia comunicativa de um empreendimento neopentecostal — Igreja Universal do Reino de Deus, Petrópolis/São Bernardo do Campo, Vozes/IMES.

Da Matta, R. (1983), «Pedro Malasartes e os paradoxos da malandragem» in Carnavais, Malandros e Heróis — para uma sociologia do dilema brasileiro, Rio de Janeiro, Zahar Editores.

Daou, A. M. (2000), A belle époque amazônica, Rio de Janeiro, Jorge Zahar Editor.

De Certeau, M. (1984), A Invenção do Cotidiano, Petrópolis, Vozes.

Kilde, J. H. (2002), When Church Became Theatre, Nova Iorque, Oxford University Press.

Freston, P. (1994), «Breve história do pentecostalismo brasileiro», in Alberto Antoniazzi (orgs.), Nem Anjos, Nem Demônios — interpretações sociológicas do pentecostalismo, Petrópolis, Vozes.

Ingold, T. (2000), The Perception of the Environment, Londres e Nova Iorque, Routledge.

Mafra, C. (2002a), Na posse da palavra — religião, conversão e liberdade pessoal em dois contextos nacionais, Lisboa, Imprensa de Ciências Sociais.

Mafra, C. (2002b), Os Evangélicos, Rio de Janeiro, Jorge Zahar Editor.

Oro, A., Corten, A., e Dozon, J.-P. (orgs.) (2003), Igreja Universal do Reino de Deus — os novos conquistadores da fé, São Paulo, Paulinas.

Panofsky, E. (2001), Arquitetura Gótica e Escolástica, São Paulo, Martins Fontes.

 

* Universidade Estadual do Rio de Janeiro.

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons