SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 issue2-3Local Health Units in Portugal: The Influence of Chronic Conditions on Inpatient Readmissions author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

  • Have no similar articlesSimilars in SciELO

Share


Portuguese Journal of Public Health

Print version ISSN 2504-3137On-line version ISSN 2504-3145

Abstract

PIZARRO, Ângela Maria Vilaça Pereira de Araújo; MARTINS, Maria Rosário O.  and  SIMOES, Jorge Almeida. Expandindo os cuidados de saúde para os cuidados farmacêuticos na diabetes mellitus tipo 2 através das farmácias comunitárias da União Europeia, entre 2008 e 2018: Revisão Sistemática. Port J Public Health [online]. 2019, vol.37, n.2-3, pp.100-118. ISSN 2504-3137.  http://dx.doi.org/10.1159/000506261.

Introdução: A análise da intervenção dos sistemas de saúde da União Europeia (UE28) para a diabetes mellitus tipo 2 (T2DM) relata uma combinação insuficiente em termos de apoio jurídico, prevenção e diagnóstico precoce da doença, o que compromete os resultados de saúde. A inclusão de serviços de cuidados farmacêuticos orientados para a T2DM (PS-T2DM) nos programas estratégicos da rede de cuidados de saúde primários pode ser uma solução. No entanto, a diferente estrutura reguladora, que inclui as boas práticas farmacêuticas e as diretrizes clínicas para T2DM de cada país da UE28 podem ser uma limitação. Os sistemas de saúde devem conhecer a evolução conjunta desses serviços e analisar a sua base operacional e regulatória, tanto no tempo quanto no espaço. Métodos: Foi realizada uma revisão sistemática, numa abordagem qualitativa e quantitativa, da expansão e atualização da prestação de PS-T2DM nas farmácias comunitárias da UE28 entre 2008 e 2018. Resultados: Houve um aumento do número e tipo de PS-T2DM na UE28 desde 2009-2010. A diabetes mellitus (DM) encontra-se regulada em 5 países (Bulgária, Espanha, Itália, Lituânia e Portugal) e a T2DM em 3 (Áustria, Letônia e Romênia). Além disso, em 3 países (Letônia, Polônia e Espanha) os farmacêuticos estão envolvidos na implementação das guidelines para a DM e T2DM, embora não haja evidências sobre a regulamentação dos PS-T2DM. Vinte e dois países mostraram estudos concretos para a prestação de PST2DM. O tipo de PS-T2DM implementado num maior número de países da UE28 foi “promoção do uso racional de medicamentos” e o subtipo específico para a T2DM mais comumente relatado foi a “medição de glicose”. Discussão / Conclusão: A crescente contribuição para a melhoria da acessibilidade, proximidade e equidade dos cuidados primários para T2DM prestados em farmácias comunitárias em toda a UE28 nas últimas décadas deve-se à disponibilidade crescente de serviços orientados para a doença. Essa estratégia promissora do melhoramento dos resultados de saúde mostrou a possibilidade de ter um impacto positivo e consistente com alguns objetivos da cobertura universal de saúde para a erradicação da DM e da T2DM, assim como atuar como um apelo à ação dos sistemas de saúde.

Keywords : Diabetes mellitus tipo 2; Cuidados farmacêuticos; Monitorização dos resultados de saúde; União Europeia.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License