SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.7 número16O múltiplo em publicações de artistas: Röhnelt, Cattani e MutranEntre aquelarres y reordenaciones pictóricas: un acercamiento a la obra de José Carlos Naranjo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista :Estúdio

versão impressa ISSN 1647-6158

Resumo

CUNHA, Eduardo Figueiredo Vieira da. Fioravante e o vazio: o desenho como estratégia de ausência. Estúdio [online]. 2016, vol.7, n.16, pp.42-48. ISSN 1647-6158.

O artigo trata da produção de Marcos Fioravante e a estética do abandono, isolamento e vazio. O contraste entre o branco do papel e a sobreposição de zonas sombrias no desenho, que traz um caráter tátil ao desenho, são aqui relacionadas com a tensão entre a presença (do desenho) e a ausência (do referente, a fotografia) O objetivo é refletir sobre uma possível filosofia da ausência e o desejo de transformação dos documentos de trabalho do artista em obras, e, com metodologia dialética, tratar do tempo de espera e latência da fotografia e do desenho.

Palavras-chave : ausência; desejo; latência.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons