SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número especial 6Social Media Disorder Scale - Short Form (SMDS-SF): Estudo de algumas propriedades psicométricas em jovens adultos portuguesesPreditores do mobbing nos enfermeiros em contexto hospitalar índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Portuguesa de Enfermagem de Saúde Mental

versão impressa ISSN 1647-2160

Resumo

NOGUEIRA, Maria José  e  SEQUEIRA, Carlos. A satisfação com a vida académica: Relação com bem-estar e distress psicológico. Revista Portuguesa de Enfermagem de Saúde Mental [online]. 2018, n.spe6, pp.71-76. ISSN 1647-2160.  http://dx.doi.org/10.19131/rpesm.0216.

CONTEXTO: A satisfação com a vida académica (SVA) abrange um conceito multifatorial, que engloba todas as experiências dos estudantes relativas à sua vida no ambiente académico, evidenciando a qualidade da sua adaptação ao mesmo. Além disso, é um indicador importante de bem-estar psicológico dos estudantes e, os estudos evidenciam uma relação positiva entre a SVA o bem-estar e a saúde mental e uma relação negativa com o distress. Contudo, em Portugal, pouco se conhece sobre esta relação, por conseguinte, considerou-se relevante estudar esta temática. OBJETIVO: (1) caracterizar a SVA dos estudantes do ensino superior; (2) estudar a relação entre a SVA e o Bem-estar e distress psicológico. METODOLOGIA: Trata-se de um estudo descritivo, transversal e correlacional. A amostra não probabilística é composta por estudantes do ensino superior do Distrito de Lisboa do 1º e 2º ano, inscritos no 1º ciclo de estudos. Os participantes deram consentimento informado escrito e preencheram voluntariamente um inquérito online, que lhe foi enviado para o correio eletrónico do campus, entre outubro e novembro de 2015. Para recolher informação sociodemográfica, SVA e a saúde mental dos estudantes foram utilizados um questionário, com as variáveis em estudo, Escala de Satisfação com a Vida Académica (ESVA) e o Inventário de Saúde Mental (ISM). Foram garantidos todos os princípios e aspetos éticos. RESULTADOS: Os resultados indicam que os participantes têm elevada satisfação com a vida académica e níveis de saúde mental satisfatórios. As análises correlacionais mostram que a ESVA se correlaciona de forma positiva e significativamente com o Bem-Estar Psicológico e negativamente com o Distress Psicológico. Verifica-se que a valores mais elevados de SVA estão associados valores mais elevados de Bem-Estar Psicológico e a valores mais baixos de Distress Psicológico. CONCLUSÕES: Conclui-se que a SVA está associada positivamente ao Bem-Estar Psicológico e negativamente ao Distress Psicológico e, é um preditor de Bem-Estar Psicológico. Esta informação é relevante para intervenção necessária na lógica dos contextos promotores de saúde.

Palavras-chave : Qualidade de vida; Saúde mental; Estudantes.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons