SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número16Empoderamento psicológico em enfermagem: tradução, adaptação e validação do "Psychological Empowerment Instrument"Relação entre resiliência e burnout: Promoção da saúde mental e ocupacional dos enfermeiros índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Portuguesa de Enfermagem de Saúde Mental

versão impressa ISSN 1647-2160

Resumo

VIEIRA, Camila Barcelos; CARDOSO, Lorena Silveira  e  SIQUEIRA, Marluce Miguel de. Mudanças percebidas por usuários após tratamento de dependência ao álcool. Revista Portuguesa de Enfermagem de Saúde Mental [online]. 2016, n.16, pp.34-40. ISSN 1647-2160.  http://dx.doi.org/10.19131/rpesm.0155.

OBJETIVO: Avaliar as mudanças decorrentes do tratamento recebido em um programa especializado no atendimento de alcoolistas. METODOLOGIA: Trata-se de um estudo avaliativo, descritivo com abordagem quantitativa e de corte transversal. A análise dos dados foi feita através do programa SPSS 20.0, utilizando a análise univariada para a descrição das variáveis socioeconômicas, clínicas e da Escala de Mudança Percebida (EMP-paciente) e a análise bivariada, a fim de verificar a associação entre o escore final da escala e as variáveis socioeconômicas e clínicas. RESULTADOS: A amostra foi predominantemente masculina (81%), com tempo de tratamento no serviço maior que quatro anos (45,2%) e tempo de abstinência entre zero e quatro semanas (35,7%). Com relação à percepção das mudanças, de forma geral, 83,3% dos pacientes alcoolistas declararam estar melhor do que antes do tratamento, havendo percepção de piora apenas nos itens sexualidade (26,8%) e sono (16,7%). Não foi encontrada relação estatística entre as variáveis analisadas. CONCLUSÃO: O estudo mostrou que, de maneira geral, os pacientes perceberam-se melhores após o tratamento recebido, sendo a escala EMP é uma medida sensível para avaliar os resultados do tratamento, pois indica os pontos positivos e negativos do tratamento sobre a vida do paciente.

Palavras-chave : Avaliação em saúde; Saúde mental; Alcoolismo; Resultado do tratamento.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons