SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número especial 1Indicadores de saúde mental como fatores preditores de fragilidade nos idososRótulos psiquiátricos: “bem-me-quer, mal-me-quer, muito, pouco e nada…” índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Portuguesa de Enfermagem de Saúde Mental

versão impressa ISSN 1647-2160

Resumo

REIS, M. Gorete; CARNEIRO, Constância; MAYOR, Margarida Sotto  e  PESTANA, Helena. Quedas em idosos com perturbações mentais residentes em unidade de saúde de longa duração. Revista Portuguesa de Enfermagem de Saúde Mental [online]. 2014, n.spe1, pp.33-39. ISSN 1647-2160.

As quedas na população psicogeriátrica são um importante problema de saúde particularmente em situações de internamento ou institucionalização de longo prazo. São reconhecidas as repercussões na funcionalidade e na qualidade de vida e os elevados custos socio económicos. De etiologia multifatorial, pela sua gravidade e custos requer intervenção preventiva. OBJETIVOS: Determinar a prevalência de quedas das pessoas idosas com perturbação mental residentes numa unidade saúde de longa duração (USLD) e os fatores associados. METODOLOGIA: Trata-se de um estudo quantitativo, correlacional transversal a 80 idosos com perturbação mental, residentes numa ULSD do Centro de França. Estudou-se a prevalência de queda e fatores associados. Os dados foram colhidos da ficha de dados sociodemográficos; escala de funcionalidade Aggir e o evento de queda. O tratamento estatístico dos dados foi descritivo e correlacional com modelos de análise categórica. Foram respeitados os princípios éticos. RESULTADOS: Os resultados sugerem uma prevalência de 25% de quedas numa população envelhecida. A perturbação mental e a dependência são fatores em realce. CONCLUSÃO: Uma complexa interação entre múltiplos fatores pessoais, ambientais e sociais na etiologia de queda sugere a importância da prevenção e de programas de monitorização do risco a ela associados.

Palavras-chave : Idoso; Institucionalização; Pessoas mentalmente doentes; Acidentes por quedas.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )