SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número28Roamer, un robot en el aula de Educación Infantil para el desarrollo de nociones espaciales básicasUso de Tecnologia Social na constituição do Conselho Gestor de Unidade de Saúde índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


RISTI - Revista Ibérica de Sistemas e Tecnologias de Informação

versão impressa ISSN 1646-9895

Resumo

VIANA, Lujhon Rodrigues; BARRETO, Mateus Martins; GIRARD, Claudia Cristina Pinto  e  TEIXEIRA, Elizabeth. Tecnologia educacional para mediar práticas educativas sobre alimentação complementar na Amazônia: estudo de validação. RISTI [online]. 2018, n.28, pp.29-40. ISSN 1646-9895.  http://dx.doi.org/10.17013/risti.28.29-40.

O estudo teve como objetivo validar uma cartilha para mediar o ensino- aprendizagem de mães de crianças de seis a doze meses sobre a alimentação complementar. Pesquisa metodológica com abordagem mista, realizada na Universidade do Estado do Pará Campus XIII, no município de Tucuruí -PA. Foram participantes 13 juízes da área sócio humanística e da área da saúde. O instrumento de coleta de dados foi um questionário, aplicado no período de dezembro de 2016 a março de 2017. Para o cálculo do índice de validade de conteúdo foi utilizada a estatística descritiva comportamental e para a análise qualitativa a análise temática de convergência. A média dos escores dos itens analisados correspondeu a um IVC de 92%. O resultado apontou a adequação da tecnologia a também a necessidade de aprimoramento. Considerações finais: A tecnologia educacional foi considerada válida estatisticamente para ser usada pelos profissionais da saúde com o público-alvo.

Palavras-chave : Educação em saúde; tecnologia educacional; atenção básica.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons