SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 número3Comunicar emociones en el discurso metapolítico de twitter: el caso de #MADURO versus @NICOLASMADUROA empresa jornalística como ator político: Um estudo quanti-qualitativo sobre o impeachment de Dilma Rousseff nos editoriais de Folha e Estadão índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Observatorio (OBS*)

versão On-line ISSN 1646-5954

Resumo

MAGALHAES, Ricardina  e  RUAO, Teresa. A imagem da ciência e dos cientistas: retratos de um estudo na Universidade do Minho. OBS* [online]. 2018, vol.12, n.3, pp.195-223. ISSN 1646-5954.

A divulgação e disseminação da ciência dá-se em diferentes contextos e através de diversas atividades. Contudo, é na universidade onde a promoção da ciência tem mais potencial de impacto, nomeadamente pela exposição das pessoas aos eventos científicos realizados, às obras de cariz científico publicadas e ao contacto direto com investigadores. As atividades de divulgação criam representações mentais sobre a ciência junto dos públicos, que, no seu conjunto, dão origem a uma imagem mais ou menos estável. E dessa imagem resulta um certo nível de reconhecimento e um consequente apoio às atividades dos investigadores, e à ciência por inerência, pelas comunidades e decisores políticos. Interessa, por isso, conhecer as perceções sobre a ciência, nomeadamente perceber a imagem que os estudantes do Ensino Superior têm da atividade científica – isto é, indivíduos jovens a viver num contexto privilegiado de contacto com a ciência. A esse propósito quisemos saber se os alunos de uma universidade têm consciência do permanente contacto com a ciência; o que constitui a ciência para esses estudantes; de que forma se pode levar os estudantes ao contacto positivo com ciência; de que modo podem os investigadores influenciar a imagem projetada da ciência; e como podem as instituições científicas influenciar a imagem percebida da Ciência juntos dos estudantes. Para obter estas respostas, conduzimos um estudo-piloto através da aplicação de um questionário a alunos dos três ciclos de estudos da Universidade do Minho, em vários cursos de áreas científicas distintas. Em suma, procurámos perceber qual era a sua perceção/imagem da ciência e da investigação científica naquele contexto, na busca de orientações para um trabalho de qualidade na comunicação da ciência em Portugal.

Palavras-chave : ciência; investigação científica; imagem da ciência; perceção da ciência; Universidade do Minho.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons