SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número3Espondilodiscite piogénica em adultos: diagnóstico e tratamentoLuxação acromioclavicular associada a fractura da coracóide índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Portuguesa de Ortopedia e Traumatologia

versão impressa ISSN 1646-2122

Resumo

PINHEIRO, Ana et al. Desenvolvimento de pseudoaneurisma após fratura da extremidade proximal do úmero. Rev. Port. Ortop. Traum. [online]. 2015, vol.23, n.3, pp.236-242. ISSN 1646-2122.

As fraturas da extremidade proximal do úmero constituem a segunda fratura mais comum da extremidade superior e inclui-se dentro das 3 fraturas mais comuns nos pacientes com mais de 65 anos. As fraturas com desvio da extremidade proximal do úmero raramente podem estar associadas a lesões vasculares que podem ser graves e passar despercebidas, contribuindo para isso vários factos como a sua raridade, aparência inócua da radiografia à entrada do Serviço de Urgência (SU), dificuldade em efectuar um exame clínico completo na admissão do doente por falta de colaboração do mesmo, ou mesmo a aparência benigna de algumas lesões vasculares. No entanto, a sua não identificação pode conduzir a consequências desastrosas. Os autores relatam um caso pertinente de lesão vascular associada a fratura da extremidade proximal do úmero com acentuado desvio. A fratura foi corrigida cirurgicamente com fixação percutânea com fios de Kirschner (fios K) e evoluiu com desenvolvimento de pseudoaneurisma da artéria torácica lateral apresentando evolução desfavorável após a sua correcção cirúrgica, com internamento em Unidade de Cuidados Intensivos (UCI), com progressão para sépsis e falência multiorgânica, tendo vindo a paciente a falecer. Este caso alerta para o facto de o pseudoaneurisma poder ter-se originado no trauma inicial causado pelos topos ósseos da fratura umeral ou como complicação da colocação dos fios K para redução da fratura ou ainda por migração dos mesmos durante o período pós-operatório. A identificação atempada deste tipo de complicações e o seu adequado tratamento é crucial para evitar resultados catastróficos.  

Palavras-chave : Fraturas do úmero proximal; desenvolvimento de pseudoaneurisma; desenvolvimento de falso aneurisma; lesão vascular; complicações fraturas do úmero proximal; complicações pós-operatórias.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons