SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 número3Respostas Hematológica Agudas ao Teste Incremental Máximo em EsteiraCompetência motora de pré-escolares: Uma análise em crianças de escola pública e particular índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Motricidade

versão impressa ISSN 1646-107X

Resumo

CAMARA, Milena Barbosa et al. Associação entre desmineralização óssea, atividade física e padrões antropométricos. Motri. [online]. 2016, vol.12, n.3, pp.45-55. ISSN 1646-107X.  http://dx.doi.org/10.6063/motricidade.7633.

O estudo teve por proposta, verificar a correlação entre densidade mineral óssea e nível de atividade física, bem como à ingestão alimentar e parâmetros antropométricos, além de avaliar a densidade mineral óssea (DMO) de mulheres menopausa. Foi feito o exame de densitometria óssea, da região lombar (L1 a L4), colo de fêmur, e fêmur total, como também utilizar o auto-recordatório das atividades do cotidiano de Bouchard; utilizado o registro alimentar de Buker e Stuart, para dosar e quantificar a ingestão diária de cálcio e vitamina D. Os dados foram analisados por meio do teste de Kolmogorov-Smirnov foi considerado um valor padrão de α = 0,05 para comparar as médias das DMO. Constatou-se que cem por cento dos indivíduos avaliados, apresentam um grau de DMO, abaixo da média prevista pela organização mundial de saúde (OMS), estando 14,4% no quadro de osteopenia e 85,6% com osteoporose, com uma menor DMO na região do fêmur (0,721g), e com maior perda entre as mulheres que não fazem atividade física (0,698g). Não houve correlação entre a prática de atividade física e a densidade mineral óssea, porém existe correlação quando associada a padrões antropométricos e ingestão diária de vitamina D.

Palavras-chave : Densidade mineral óssea; Atividade Física; Antropométrica.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons