SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 número2Utilização de Flutuadores em Aulas de Natação para Crianças: Estudo InterventivoA comparative study of the mastery of fundamental movement skills between different cultures índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Motricidade

versão impressa ISSN 1646-107X

Resumo

YAMADA, Patrícia de Aguiar et al. Efeito agudo da marcha em esteira com estímulo auditivo sobre parâmetros cinemáticos da marcha e mobilidade em Parkinsonianos. Motri. [online]. 2016, vol.12, n.2, pp.107-115. ISSN 1646-107X.  http://dx.doi.org/10.6063/motricidade.7875.

O objetivo do presente estudo foi verificar o efeito agudo da marcha em esteira com estímulo auditivo sobre parâmetros cinemáticos da marcha e mobilidade em Parkinsonianos. Participaram 14 indivíduos com Parkinsonismo idiopático, os quais foram divididos em 2 grupos: grupo intervenção e grupo controle. Foi realizada avaliação, composta por dois testes que avaliam a mobilidade funcional, nomeados Short Physical Performance Battery (SPPB) e Timed up and go (TUG); avaliação da velocidade de marcha através do teste de 10 metros e análise do comprimento de passo em um circuito de 16 metros, em seguida os participantes foram submetidos a uma sessão de marcha em esteira, sendo o grupo intervenção com auxílio de estímulos sonoros e o grupo controle sem estímulos. Ao final da intervenção os indivíduos foram reavaliados. Os resultados mostraram que ambos os grupos apresentaram melhora da mobilidade no teste TUG (p=0.003), da velocidade de marcha no teste de 10 metros (p=0.004) e do comprimento de passo (p=0.029), porém não houve diferença estatística entre os grupos. O SPPB não apresentou diferença significativa após o protocolo de marcha (p=0.118). Conclui-se que uma sessão de marcha em esteira foi efetiva na melhoria dos parâmetros cinemáticos da marcha e mobilidade em estudo, porém a associação do estímulo auditivo não influenciou as variáveis analisadas.

Palavras-chave : doença de Parkinson; marcha; esteira ergométrica; estímulo auditivo.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons