SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 número1Férias do treino?: Cuidado, 2 semanas de interrupção provocam alterações fisiológicas e psicobiológicas!Pilates versus exercício resistido nos níveis séricos da PCR-as, na circunferência abdominal e IMC em idosos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Motricidade

versão impressa ISSN 1646-107X

Resumo

CASTANHO, Gabriela Kaiser Fullin et al. A influência do carboidrato na ativação cerebral durante exercício físico. Motri. [online]. 2016, vol.12, n.1, pp.115-127. ISSN 1646-107X.  http://dx.doi.org/10.6063/motricidade.6617.

O uso de carboidrato (CHO) como suplemento nutricional está relacionado com melhor rendimento esportivo. Alguns estudos observaram relação entre consumo e ativação cerebral que influenciam o rendimento. Assim, o objetivo desse estudo foi avaliar a influência do consumo de CHO na ativação de determinadas áreas cerebrais durante exercício físico, realizado juntamente à aquisição de ressonância magnética funcional (RMf). Dez homens ciclistas (32,1 ± 4,1 anos, peso 76,8 ± 14,6 kg) realizaram um protocolo de exercício de pedalada, com alta intensidade (Escala de Borg), em cicloergômetro acoplado à ressonância magnética (RM) e, ingeriram 50g de CHO ou de placebo no intervalo de duas séries de exercício. A ingestão de CHO apresentou influência nas áreas cerebrais durante o exercício, ativando áreas relacionadas à tomada de decisões (insula) e motivação (sistema límbico) e desativando principalmente áreas motoras (lobo frontal) e de introspecção (precuneos). Com o consumo de placebo, também houve ativação de áreas importantes relacionadas à motivação do individuo (cíngulo posterior). Além disso, as áreas relacionadas com a iniciação e manutenção de movimento, localizadas no lobo frontal e cerebelo, apresentaram-se ativas. Com o CHO, áreas importantes para a manutenção do exercício foram ativadas (BOLD positivo), mostrando que a suplementação pode ter influência na ativação cerebral durante o exercício de forma que melhore o rendimento esportivo.

Palavras-chave : neurociências do esporte; carboidrato; exercício físico; ressonância magnética funcional; cérebro.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons