SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.4 número3Validade da medida do consumo máximo de oxigênio predito pelo teste de cooper de 12 minutos em adultos jovens sedentáriosObesidade Infantil, Actividade Física e Sedentarismo em crianças do 1ºciclo do ensino básico da cidade de bragança (6 a 9 anos) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Motricidade

versão impressa ISSN 1646-107X

Resumo

ROCHA, Kenia Ferreira. Motivos de adesão à prática de ginástica de academia. Motri. [online]. 2008, vol.4, n.3, pp.11-16. ISSN 1646-107X.

Este estudo teve por objectivo analisar os principais motivos de adesão à ginástica de academia, assim como verificar a existência de relação entre idade, sexo e motivos de aderência. A amostra foi composta por 250 indivíduos (181 feminino/69 masculino), praticantes de ginástica aeróbica ou uma das suas vertentes, numa frequência mínima de 3 vezes por semana, adeptos a pelo menos 3 meses ininterruptos, em 8 academias de ginástica da cidade de Montes Claros-MG. A colecta de dados foi feita através de um questionário criado e validado para este estudo, visando obter informações relativas ao sexo, idade e intenção de prática do entrevistado. A análise estatística foi composta por análise descritiva para caracterização da amostra e análise comparativa entre grupos através do teste X2, que demonstrou não significância estatística entre Motivo de adesão relacionado à idade e sexo da amostra. A análise do resultado permite concluir que, independente do sexo e idade dos pesquisados, o motivo para a busca de prática de ginástica de academia é a melhoria da componente estética, seguida do condicionamento para qualidade de vida.

Palavras-chave : Ginástica; estética; qualidade de vida; saúde; motivação.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons