SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número15A formação de professores e o livro didático: avaliação e controle dos saberes escolaresO impacto do Português brasileiro veiculado na internet para a educação básica portuguesa índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Lusófona de Educação

versão impressa ISSN 1645-7250

Resumo

RABELO, Amanda Oliveira. "Eu gosto de ser professor e gosto de crianças” - A escolha profissional dos homens pela docência na escola primária. Rev. Lusófona de Educação [online]. 2010, n.15, pp.163-173. ISSN 1645-7250.

Este artigo faz parte de um estudo comparativo que dá conta de uma busca centrada na figura do professor do sexo masculino que trabalha no ensino público primário do Rio de Janeiro-Brasil e em Aveiro-Portugal. O que se pretende averiguar, fundamentalmente, são os motivos da escolha profissional destes professores que enveredam por uma área tipicamente associada com o feminino. Apontamos que a presença de professores do sexo masculino na docência deste segmento é uma forma de inserir as questões de gênero na educação, mostrando que existem outras vozes que ecoam nas escolas, ou seja, indivíduos capazes de exercer esta profissão independente do seu sexo. Demonstramos que, diferentemente do que divulgam algumas representações que circulam na sociedade, os homens também gostam de crianças e escolhem a profissão docente por gosto.

Palavras-chave : professores do sexo masculino; gênero; escolha profissional.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )