SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número15Movimentações da classe docente em Portugal (finais da década de 60)Os professores do ensino superior: entre a performatividade da lei e as narrativas autobiográficas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Lusófona de Educação

versão impressa ISSN 1645-7250

Resumo

LIMA, Licínio C.. A Educação faz tudo? Crítica ao pedagogismo na “sociedade da aprendizagem”. Rev. Lusófona de Educação [online]. 2010, n.15, pp.41-54. ISSN 1645-7250.

Os discursos apologéticos acerca das todopoderosas aprendizagem e educação ao longo da vida são reproduzidos em vários documentos de política da União Europeia e de outras agências internacionais. O seu foco é a adaptação funcional dos aprendentes individuais à empregabilidade, flexibilidade e competitividade económica, no quadro da “sociedade da aprendizagem” e da “economia do conhecimento”. Depois de analisar o racional da aprendizagem ao longo da vida, orientada para a aquisição de qualificações e habilidades, o autor conclui que os seus principais argumentos e as suas críticas contra a pedagogia moderna são frequentemente baseados em assunções pedagogistas, de carácter economicista, e em crenças exageradas no poder da educação e da aprendizagem.

Palavras-chave : Aprendizagem ao longo da vida; sociedade da aprendizagem; qualicações para a competitividade económica; pedagogismo.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )