SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número8Da integração à inclusão escolar: cruzando perspectivas e conceitosOs manuais escolares, a construção de saberes e a autonomia do aluno. Auscultação a alunos e professores. índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Lusófona de Educação

versão impressa ISSN 1645-7250

Resumo

CARVALHO, Maria Eulina Pessoa P. de. O dever de casa como política educacional e objecto de pesquisa . Rev. Lusófona de Educação [online]. 2006, n.8, pp.85-102. ISSN 1645-7250.

O dever de casa capitaliza explicitamente o tempo e os recursos materiais e simbólicos dos pais/mães, constituindo um foco da política educacional de promoção do sucesso escolar via incentivo à participação da família na escola, nos Estados Unidos e no Brasil. Seu enfoque permite examinar aspectos implícitos das interações entre escola e família no atual contexto mundial de reforma educacional neoliberal, que veicula a retórica de que escola pública boa começa em casa. Enfatizado como uma solução para elevar o aproveitamento escolar, o dever de casa é fundamentalmente uma questão política com implicações para um projeto de equidade educacional. Como componente do processo ensino-aprendizagem e da avaliação do aproveitamento escolar, afeta o planejamento pedagógico e o trabalho docente, bem como a vida familiar, ao pressupor conexão entre as atividades de classe e de casa, e uma estrutura doméstica de apoio. A consideração das implicações das práticas de dever de casa abre uma ampla agenda de pesquisa.

Palavras-chave : dever de casa; relações escola-família.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )