SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número2Os efeitos do rompimento de um relacionamento amoroso em estudantes universitáriosSequelas e alterações neuropsicológicas em adolescentes com hiv por transmissão vertical índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO

Compartir


Psicologia, Saúde & Doenças

versión impresa ISSN 1645-0086

Resumen

VIEIRA, Igor Soares et al. Fatores associados a experimentação do álcool entre adolescentes escolares. Psic., Saúde & Doenças [online]. 2019, vol.20, n.2, pp.414-423. ISSN 1645-0086.  http://dx.doi.org/10.15309/19psd200211.

A ingestão precoce de bebidas alcoólicas pode ocasionar o aumento das chances de consumo excessivo no decorrer da vida. Este estudo objetivou identificar a prevalência e os fatores sociodemográficos associados à experimentação de bebidas alcoólicas entre adolescentes escolares na Grande Aracaju/SE. Trata-se de um estudo transversal realizado nas escolas da rede pública Estadual de Sergipe. Participaram do estudo 753 estudantes. Os resultados mostraram uma prevalência de experimentação de bebidas alcoólicas de 39,9%. Houve diferença significativa na experimentação do álcool entre os estudantes, com idade entre 17-20 anos (48,3%, IC95=1,14-1,62, p<0,001), que moravam sem os pais ou responsável (51,3%, IC95=1,11-2,24, p=0,036) e que já sofreram reprovação escolar (43,3%, IC95=1,37-1,67, p=0,049). A baixa escolaridade da mãe foi um fator de risco para a experimentação, sobretudo entre os estudantes que a mãe nunca estudou (44,5%) (RP=2,1, IC95=1,21-3,75, p=0,016) de experimentação do álcool. Conclui-se que, houve experimentação de bebidas alcoólicas e esta esteve associada com os adolescentes mais velhos, ocorrência de reprovação escolar, baixa escolaridade da mãe e morar sem os pais.

Palabras clave : adolescente; bebidas alcoólicas; família.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons