SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número3Espiritualidade e qualidade de vida de pessoas idosas: um estudo relacionalFatores associados ao uso de preservativo e relações com prostitutas entre caminhoneiros do Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia, Saúde & Doenças

versão impressa ISSN 1645-0086

Resumo

FORTES, Amanda Borges; MAIA, Cintia Pacheco  e  KRISTENSEN, Christian Haag. Estratégias cognitivas de regulação emocional: associação com sintomas pós-traumáticos. Psic., Saúde & Doenças [online]. 2018, vol.19, n.3, pp.605-616. ISSN 1645-0086.  http://dx.doi.org/10.15309/18psd190311.

É possível identificar no Transtorno do Estresse Pós-Traumático (TEPT) uma intensa variedade de respostas emocionais prejudiciais à qualidade de vida do indivíduo. Há, com isso, a importância de compreender a associação da regulação emocional em relação aos desfechos da exposição a eventos traumáticos. O presente estudo tem como objetivo comparar o uso das estratégias cognitivas de regulação emocional entre populações com alta e baixa sintomatologia de TEPT. A amostra total consiste em 38 participantes que foram divididos em dois grupos de acordo com o grau de sintomatologia de TEPT. Foi aplicado o Post-Traumatic Stress Disorder Checklist (PCL-5) para avaliar o grau de sintomatologia de TEPT e o Cognitive Emotion Regulation Questionnaire (CERQ) para avaliar as estratégias mais utilizadas pelos participantes. Como resultados, encontrou-se diferenças estatisticamente significativas, visto que o grupo com alta sintomatologia faz mais uso de estratégias desadaptativas no geral (p<0.001) e específicas: Auto-Culpa (p<0.004); Ruminação (p<0.001); Catastrofização (p<0.001); e Culpabilização dos Outros (p<0.005). Quanto às estratégias adaptativas, só houve diferença estatisticamente significativa na estratégia específica de Focalização no Positivo (p<0,044). Desta forma, o estudo confirma a ideia proposta na literatura, apresentando que as estratégias desadaptativas de regulação emocional estão associadas a populações com índices elevados de sintomas para TEPT.

Palavras-chave : bregulação emocional cognitiva; estratégias de regulação emocional; TEPT.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons