SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número1Práticas e crenças de saúde na comunidade Hindu em PortugalSilver rainbow: estigma em homens gays idosos, uma perspetiva de stress minoritário índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia, Saúde & Doenças

versão impressa ISSN 1645-0086

Resumo

ALMEIDA, João Serra de; PIRES, António Pazo  e  OLIVIERA, Miguel. A relação de supervisão em psicoterapeutas. Psic., Saúde & Doenças [online]. 2018, vol.19, n.1, pp.71-79. ISSN 1645-0086.  http://dx.doi.org/10.15309/18psd190111.

A supervisão tem vindo a ser estudada com acrescida intensidade ao longo dos últimos vinte anos, no entanto, a relação de supervisão nomeadamente as suas dimensões têm sido pouco estudadas em psicoterapeutas. Pretende-se estudar as dimensões relacionais Abertura, Desafio, Estrutura, Base Segura, Educação Reflexiva e Suporte da relação. Utilizou-se um questionário em internet ao qual responderam 229 sujeitos portugueses e brasileiros com formação em psicoterapia. Foi efectuada a análise descritiva de alguns dos dados obtidos, análise da validade interna confirmatória e validade convergente referente às dimensões das escalas. Após a aplicação da validade interna confirmatória obtém-se que, de um modo geral, existe concordância entre o modelo obtido e o modelo original, contudo com a exclusão do item 4 da escala S-SRQ. Ambas as escalas demonstraram avaliar aspectos diferentes sobre a relação, contudo, suficientemente capazes de se relacionarem entre si.

Palavras-chave : Psicoterapia; Supervisão; Relação.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons