SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número3Wilson's sex fantasy questionnaire: validação Portuguesa e diferenças de género índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia, Saúde & Doenças

versão impressa ISSN 1645-0086

Resumo

AFONSO, José de Abreu  e  LEAL, Isabel. Formulário de avaliação da relação adaptação e validação do RRF DE K.E. Davis para a população Portuguesa. Psic., Saúde & Doenças [online]. 2017, vol.18, n.3, pp.880-900. ISSN 1645-0086.  http://dx.doi.org/10.15309/17psd180320.

O artigo apresenta a adaptação e validação para a população portuguesa da Relathionship Rating Form (RRF) de K. E. Davis (1996), criada para medir a amizade, as relações românticas e o amor. A noção de amor aqui usada deriva de um corpo empírico e conceptual radicado na Psicologia Descritiva. Entende-se o amor como um conceito prototípico na sua natureza. A construção do instrumento sustenta-se num caso paradigmático ou ideal que foi desenvolvido incorporando todos os aspectos relevantes que um caso real de amor deve ter. Participaram no estudo 444 sujeitos, 222 casais heterossexuais. Para a nossa amostra, a sensibilidade dos itens demonstrou ter características discriminativas. A validade de construto foi estudada através de análise fatorial confirmatória de componentes principais com rotação oblíqua. No que respeita à fidelidade, recorreu-se ao Alpha de Cronbach. A análise fatorial para a nossa população não confirmou a estrutura original. Chegámos a uma estrutura final também de sete fatores, mas não coincidente com a encontrada por Davis em 1996. Designámos os fatores encontrados por: 1-Sucesso e Satisfação Geral; 2-Desilusão Amorosa; 3- Cuidado Mútuo; 4-Compromisso; 5-Fascinação; 6-Conhecimento; 7- Coerção. No fator 1 incluímos as seguintes sub-escalas: Respeito/Auto-Estima; Comunicação Honesta e Íntima; Erotismo/Desejo; Satisfação; Manutenção; Aceitação. No fator 2 considerámos as sub-escalas de Desconfiança/Desapontamento; Desrespeito/Deslealdade; Tensão/Ambivalência. No fator 3 tivemos em conta as sub-escalas de: Auxilio; Defesa; Dar o Máximo. O fator 4 integra as sub-escalas de Prazer; Confiança; Exclusividade e Projecção no futuro.

Palavras-chave : relação conjugal; amor; relação romântica; amizade.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons