SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número3Depressão, ansiedade e suporte familiar para mães na primeira hospitalização dos filhosAgência e expressividade em homens e mulheres Portugueses na meia-idade e avaçada índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia, Saúde & Doenças

versão impressa ISSN 1645-0086

Resumo

ARRAIS, Alessandra da Rocha  e  ARAUJO, Tereza Cristina Cavalcanti Ferreira de. Depressão pós-parto: uma revisão sobre fatores de risco e de proteção. Psic., Saúde & Doenças [online]. 2017, vol.18, n.3, pp.828-845. ISSN 1645-0086.  http://dx.doi.org/10.15309/17psd180316.

O objetivo deste estudo foi investigar os fatores de risco e de proteção para depressão pós-parto (DPP). Foi realizada uma revisão nas bases Pubmed, Scielo e Lilacs. Descritores: postpartum depression, risk factors, protection factors. Critérios de inclusão: artigos publicados no período de 2010-2015, nas línguas inglesa, portuguesa e espanhola, cujos conteúdos abordassem explicitamente fatores de risco e/ou de proteção para a DPP. Foram selecionados 60 artigos e encontrados 53 fatores de risco e 11 fatores de proteção. Os fatores de risco mais frequentemente citados, pertenciam à categoria de fatores psicossociais (n= 43 ou 71% da amostra). Os resultados evidenciam uma grande variedade de métodos e instrumentos utilizados, o interesse mundial pelo tema da DPP e um elevado número de fatores considerados de risco para DPP (n = 53) em detrimento do baixo número de fatores de proteção (n = 11) investigados na literatura que abrange o período de 2010 a 2015. Esta revisão da literatura mostrou que, ter tido depressão na vida, a presença de estresse e ansiedade e depressão durante a gestação, baixo suporte social e familiar, falta de apoio do parceiro e falta de apoio social no puerpério, são fatores que aumentam o risco de ter DPP. Em contrapartida, ter participado de algum programa de pré-natal com base numa abordagem psicológica, ter uma relação saudável com suas próprias mães, ter suporte social na gestação e no puerpério e manter relações sociais positivas podem proteger a gestante contra a DPP e minimizar o impacto dos fatores de risco causariam no puerpério.

Palavras-chave : depressão pós-parto; fatores de risco; fatores de proteção; revisão; puerpério.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons