SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número3Representações sociais do vitiligo elaboradas por Brasileiros marcados pelo brancoAvaliação do estresse e ansiedade em pacientes quimioterápicos submetidos a relaxamento índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia, Saúde & Doenças

versão impressa ISSN 1645-0086

Resumo

PAZA, Diego Leonardo Stamm; PIEROZAN, Gian Carlo; FURYAMA, Guilherme Yoshi  e  STEFANELLO, Joice Mara Facco. Cortisol capilar como medida de análise do estresse crônico. Psic., Saúde & Doenças [online]. 2017, vol.18, n.3, pp.773-788. ISSN 1645-0086.  http://dx.doi.org/10.15309/17psd180312.

Estudos recentes tem buscado investigar a concentração crônica de cortisol a partir de amostras de cabelo. Este método possui diversas vantagens como a facilidade na coleta, fácil armazenagem, não dependência da aderência da amostra para realização da pesquisa, entre outros. Entretanto ainda existem lacunas sobre quais protocolos para coleta, extração e avaliação do cortisol a partir do cabelo seriam considerados padrão para esta análise em humanos. Diante disto, o objetivo do presente estudo de revisão foi analisar os protocolos de coleta e análise do cortisol capilar como indicador do estresse crônico em indivíduos saudáveis. Considerando os 22 artigos selecionados para análise verificou-se que a maioria das pesquisas utilizaram em suas amostras indivíduos de ambos os sexos, com as amostras de cabelo cortados na região do vértice posterior da cabeça, o mais próximo possível da raiz. O comprimento e a quantidade de fios coletados variaram de acordo com os objetivos propostos de cada estudo, onde a maioria priorizou o uso de fios de 3 cm de comprimento. Conclui-se que existe uma ausência de um protocolo único quanto ao método de lavagem, tratamento dos fios e quanto ao método utilizado para extração e análise do cortisol, onde a maioria dos estudos utilizaram o composto isopropanol para lavagem de suas amostras, seguidos da pulverização dos fios realizando a análise da concentração de cortisol com três métodos principais, o CLIA, o ELISA e o LC-MS/MS.

Palavras-chave : cortisol; capilar; estresse psicológico.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons