SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número3Queixas subjetivas de memória: Sintomas depressivos, ansiógenos ou défices mnésicos objetivos?Representações sociais do vitiligo elaboradas por Brasileiros marcados pelo branco índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia, Saúde & Doenças

versão impressa ISSN 1645-0086

Resumo

TRAVIESO, Carmen Elisa; MENDES, Álvaro  e  SOUSA, Liliana. Viver com diabetes é “carregar uma cruz: Metáforas de idosos diabéticos tipo2. Psic., Saúde & Doenças [online]. 2017, vol.18, n.3, pp.747-759. ISSN 1645-0086.  http://dx.doi.org/10.15309/17psd180310.

A diabetes mellittus é uma doença crónica cuja forma mais comum é a tipo 2. Em Portugal afeta mais de um quarto da população idosa. O tratamento está definido e é eficaz, dependendo da autogestão dos pacientes. Contudo, os dados mostram a frágil autogestão. As metáforas são modelos mentais que revelam a experiência vivida, permitindo aos profissionais adequar a intervenção. O objetivo deste estudo é analisar as metáforas de diabéticos tipo 2 idosos (≥ 65 anos), sobre “viver com diabetes” (reação ao diagnóstico, gestão das recomendações terapêuticas, principais desafios). Este estudo qualitativo e exploratório recorre à teoria cognitiva da metáfora explorando metáforas através de entrevistas semiestruturadas. A amostra compreende 17 participantes que relataram 114 metáforas. As entrevistas foram submetidas a análise de conteúdo pelo procedimento de análise sistemática de metáforas. Os principais resultados indicam: reação ao diagnóstico “mexeu comigo”; gestão das recomendações terapêuticas envolvem “pecar” e “habituar-se”; principais desafios incluem “acompanhar a cruz que Deus nos deu” e “ter cuidado”. Estas metáforas sugerem que os idosos diabéticos tipo 2 vivem numa “espiral”, que gira em torno da doença, sentindo vontade de se libertar e infringindo recomendações.

Palavras-chave : diabetes tipo 2; idoso; metáforas; autogestão; educação para a saúde.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons