SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue1Review on alzheimer's disease: diagnosis, evolution and caresThe right-hemisphere and valence hypotheses in the processing of emotional faces author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

  • Have no similar articlesSimilars in SciELO

Share


Psicologia, Saúde & Doenças

Print version ISSN 1645-0086

Abstract

GUARDIANO, Micaela et al. Estimulação, disciplina, vinculação e apresentação: as crenças das mães de grandes prematuros. Psic., Saúde & Doenças [online]. 2017, vol.18, n.1, pp.141-149. ISSN 1645-0086.  http://dx.doi.org/10.15309/17psd180112.

Os pais valorizam e estimulam os filhos de acordo com o que estabelecem como relevante para o seu comportamento e desenvolvimento, sendo as práticas parentais de cuidados e educação determinadas pela sua cultura, crenças e valores. Perante o nascimento de uma criança prematura, os pais têm que lidar com a vulnerabilidade da criança internada na Neonatologia, um ambiente porventura facilitador da aquisição de crenças e cognições pouco adequadas. Os objetivos foram: avaliar as crenças parentais em crianças em idade pré-escolar com antecedentes de prematuridade (idade gestacional inferior a 32 semanas), identificar as práticas mais valorizadas pelas mães e relacionar as características sociodemográficas, a valorização das práticas, o grau de prematuridade e a duração do internamento com as crenças parentais. Os participantes foram as mães de crianças com antecedentes de prematuridade, com idade gestacional inferior a 32 semanas, observadas na consulta de Neurodesenvolvimento de um hospital terciário. Foram aplicados questionários sobre dados sociodemográficos e o Questionário de Crenças e Práticas Maternas sobre Cuidados com as Crianças. As mães atribuíram mais importância à dimensão “Estimulação”, sendo a “Disciplina” considerada a dimensão menos importante. A “Vinculação” e a “Disciplina” associam-se negativamente com a idade cronológica. Conclui-se que que as vivências marcantes dos pais dos grandes prematuros nos primeiros tempos de vida destes acarretam preocupações quanto ao seu posterior desenvolvimento psicomotor que os levam a dar prioridade a comportamentos de estimulação e a descurar as questões sociais e a disciplina.

Keywords : crenças maternas; neurodesenvolvimento; prematuridade.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License