SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número1Diagnóstico de pesquisas internacionais em psicodinâmica do trabalho no BrasilQualidade de vida e suporte social em doentes com esquizofrenia índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia, Saúde & Doenças

versão impressa ISSN 1645-0086

Resumo

LOIOLA, Elainy da Silva Camilo; ALVES, Haiana Maria de Carvalho  e  SIQUEIRA, Mirlene Maria Matias. Relação entre percepção de justiça e bem-estar no trabalho em profissionais Brasileiros. Psic., Saúde & Doenças [online]. 2017, vol.18, n.1, pp.85-90. ISSN 1645-0086.  http://dx.doi.org/10.15309/17psd180107.

Bem-estar no trabalho tem sido apontado como um indicador de saúde ocupacional. A promoção deste indicador pode está associada ao quanto os indivíduos consideram que seu empregador toma decisões a eles relacionadas com base em procedimentos justos. O presente estudo teve como objetivo investigar a relação entre bem-estar no trabalho (BET) e percepção de justiça de procedimentos (PJP). Participaram da pesquisa um grupo de 105 trabalhadores brasileiros com idade média de 32,03 (DP=8,80) anos, sendo a maioria (65,7%) do sexo feminino, distribuídos equitativamente entre solteiros e casados. Os participantes responderam a duas medidas válidas e precisas que aferiram BET e PJP, cujos dados foram analisados por meio do SPSS. A Análise de correlação (r de Pearson) mostrou índices positivos e significativos entre as dimensões de BET e PJP. A ANOVA revelou que os homens apresentam níveis mais elevados de bem-estar no trabalho. Tais resultados apontam que o nível de bem-estar no trabalho aumenta proporcionalmente a percepção de justiça de procedimento, assim como foi evidenciado que os homens demonstraram manter vínculos mais fortes do que as mulheres com o trabalho e a organização. Diante dos resultados apresentados, seria possível reconhecer que os procedimentos de tomada de decisão adotados pelas instituições suscitam estados saudáveis dentre seus colaboradores como o de bem-estar.

Palavras-chave : Saúde do Trabalhador; Bem-estar no trabalho; Percepção de justiça no trabalho.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons