SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 número2Ajustamento psicossocial após mastectomia - um olhar sobre a qualidade de vidaNecessidades e preocupações de pais de bebés internados numa unidade de neonatologia índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia, Saúde & Doenças

versão impressa ISSN 1645-0086

Resumo

RAPOSO, Jakelline et al. Condutas de saúde de adolescentes segundo o sexo: uma revisão sistematizada. Psic., Saúde & Doenças [online]. 2016, vol.17, n.2, pp.214-235. ISSN 1645-0086.  http://dx.doi.org/10.15309/16psd170209.

Os papéis de gênero tradicional, guiados pelos caracteres sexuais, continuam a dominar a cultura de muitos países, principalmente naqueles em desenvolvimento e/ou com governos autoritários. A formação do que é ser masculino e feminino vem carregado de comportamentos estereotipados, inclusive em relação à saúde e são mais vivenciados durante a adolescência. Esta revisão sistematizada objetivou investigar as diferenças nas condutas de saúde de estudantes adolescentes de acordo com o sexo. Para tal foi realizada uma busca na base de dados Pubmed com os termos: “global school based student health survey" or "global school based student health survey questionnaire" and "female" and "male". A análise para seleção dos estudos foi efetuada por duas pesquisadoras de maneira independente e as divergências foram solucionadas em discussão mediada por uma terceira pesquisadora. Dos 36 artigos encontrados, 5 foram excluídos, dos quais, 3 apresentavam faixa etária diversa da pesquisa, 1 estava publicado no idioma chinês e 1 não abordava condutas de saúde. Foi identificado que os meninos foram mais propensos a relatar consumir bebidas alcoólicas, tabaco e drogas ilícitas; ter hábitos alimentares inadequados; comportamento sexual de risco; comportamentos de violência e lesões intencionais. As meninas obtiveram condutas de risco mais prevalentes nos comportamentos relacionados aos indicadores de estresse à saúde mental e nível de atividade física insuficiente. Pode-se concluir que os meninos apresentaram maiores prevalências de condutas de risco à saúde em comparação com as meninas.

Palavras-chave : Adolescente; Comportamentos saudáveis; Sexo.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons