SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número3Percepção da doença, indicadores de ansiedade e depressão em mulheres com câncerContributos para a adaptação e aferição de duas medidas de suporte social índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia, Saúde & Doenças

versão impressa ISSN 1645-0086

Resumo

SOARES, Fernanda Cunha; LIMA, Daniela Salvador Marques de; BARRETO, Kamila Azoubel  e  COLARES, Viviane. A ansiedade odontológica em crianças e os fatores associados: revisão de literatura. Psic., Saúde & Doenças [online]. 2015, vol.16, n.3, pp.373-385. ISSN 1645-0086.

O objetivo deste estudo foi identificar os fatores associados a ansiedade relacionada ao tratamento odontológico através de uma pesquisa bibliográfica. A revisão da literatura foi realizada através da busca ativa de informações na Biblioteca Virtual em Saúde (BIREME) nas bases de dados MEDLINE e LILACS. O descritor utilizado foi “Dental Anxiety”, e os filtros foram: crianças, idiomas inglês, espanhol ou português e ser do tipo artigo científico. A seleção dos artigos, através da análise dos resumos, teve como critérios de inclusão: assunto principal relacionado aos fatores associados aansiedade odontológica, sendo esta a variável dependente; população de estudo com idade de até 12 anos e amostra representativa da população estudada. O processo de análise para avaliação e seleção dos artigos foi realizado por duas pesquisadoras, de forma independente. Em casos de divergência houve a participação de uma terceira pesquisadora avaliadora. O total de referências obtidas foi de 5494, e após o uso dos filtros, resultou em 437 artigos. Sendo que destes, 13 foram selecionados para esse estudo após análise dos resumos. Foram identificados alguns fatores associados à ansiedade relacionada ao tratamento odontológico: a) fatores relacionados à criança: gênero, idade, inteligência emocional, ordem de nascimento; b) fatores relacionados à saúde bucal: experiência prévia no dentista,histórico de dor dente; cárie e c) fatores relacionados aos pais: ansiedade dos pais e escolaridade da mãe. A ansiedade odontológica apresentou-se em percentuais mais elevados entre crianças mais novas, sem experiência odontológica prévia, com histórico de dor de dente e/ou cárie e crianças cujos pais apresentaram ansiedade odontológica.

Palavras-chave : Ansiedade ao Tratamento Odontológico; Criança; fatores associados.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons