SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número2Reflexões sobre a saúde do adolescente brasileiroTerceiro trimestre de gravidez: expectativas e emoções sobre o parto índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia, Saúde & Doenças

versão impressa ISSN 1645-0086

Resumo

AFONSO, Andreia Castro  e  SILVA, Isabel. Qualidade de vida relacionada com sáude oral avaliada em adultos: revisão integrativa. Psic., Saúde & Doenças [online]. 2015, vol.16, n.2, pp.230-253. ISSN 1645-0086.  http://dx.doi.org/10.15309/15psd160209.

As alterações da saúde oral podem afetar a alimentação, a comunicação, a interação social, o desempenho intelectual e o descanso. Ao avaliar as experiências subjetivas relacionadas com o impacto das condições de saúde oral -Qualidade de Vida Relacionada com a Saúde Oral (QdVRSO) - é possível recolher informações valiosas para melhorá-la.Esta revisão integrativa visareunir informações consistentes sobre QdVRSO com foco nos instrumentos de avaliação para adultos. As bases de dados eletrónicas consultadas foram PubMed, SciELO e B-ON com o uso dos descritores “oral health-related quality of life”, “questionnaires” e “adults”. Foram adotadas as reco­mendações propostas no guia PRISMA. As 19 publicações analisadas consistem em estudos observacionais, publicados entre 2005 e 2014, que apontam para uma diversidade de instrumentos validados empiricamente, com abordagem genérica de saúde oral (OHIP-14, OIDP, GOHAI, OHQOL) e abordagem específica (PIDAQ). Globalmente, os instrumentos revelam boa sensibilidade e validade de construto, distinguindo-se pela diversidade de domínios e de itens, que se focalizam no funcionamento físico, emocional e social. Os instrumentos são breves, de fácil compreensão e rápida administração. Centram-se no impacto negativo da saúde oral na QdV e apenas dois instrumentos (GOHAI, PIDAQ) integram simultaneamente os dois tipos de impacto. Comparativamente aos restantes instrumentos, o OHIP-14 apresenta mais versões culturais, maior versatilidade por incluir mais domínios e permite aceder a informação relativa à gravidade, extensão e prevalência dos impactos negativos percebidos, sugerindo que pode ser o mais adequado para contextos de intervenção clínica e investigação intercultural.

Palavras-chave : saúde oral; qualidade de vida; instrumentos; avaliação; adultos.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons