SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue2Anxiety, depression and stress: a study of portuguese adults author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

  • Have no similar articlesSimilars in SciELO

Share


Psicologia, Saúde & Doenças

Print version ISSN 1645-0086

Abstract

VASCONCELOS-RAPOSO, José; TEIXEIRA, Carla; LIMA, Ana  and  MONTEIRO, Inês. Atividade física e estilos educativos parentais. Psic., Saúde & Doenças [online]. 2015, vol.16, n.2, pp.129-147. ISSN 1645-0086.  http://dx.doi.org/10.15309/15psd160201.

O objectivo do estudo foi de determinar a relação entre sexo, idade e prática de actividade física ao nível dos estilos educativos parentais e das atitudes e comportamentos habituais de estudo. Participaram 272 alunos (101 rapazes e 171 raparigas) de uma escola da zona interior norte de Portugal, com idades compreendidas entre 13 e os 21 anos de idade (M = 15,66, DP = 1,71). Para avaliar as diferentes dimensões em estudo utilizamos o Questionário de Estilos Educativos Parentais (QEEP). Os resultados evidenciaram que os adolescentes percepcionam ambos os pais como mais responsivos e menos exigentes. Ambos os sexos percepcionam os estilos educativos parentais do mesmo modo, os adolescentes mais jovens (entre os 13 e 14 anos) percepcionam pai e mãe como mais responsivos e menos exigentes. O mesmo não acontece entre praticantes e não praticantes de actividade física fora do contexto escolar, uma vez que entre estes dois grupos não se verificaram diferenças nos estilos parentais percebidos. Quando olhamos ao sexo combinado com a prática de actividade física, constatou-se que os rapazes praticantes e as raparigas não praticantes percepcionam pai e mãe como mais exigentes do que responsivos. Com o presente estudo é possível concluir que  ambos os pais tendem a adoptar um estilo mais responsivo e menos exigente, sendo notório um maior envolvimento parental com os adolescentes mais novos do que com os mais velhos. Por outro lado, os pais tendem a educar rapazes e raparigas dentro do mesmo estilo, sejam eles praticantes ou não de actividade física.

Keywords : adolescentes; estilos educativos parentais; actividade física.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License