SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue3Psychological wellbeing: comparison between caregivers of older adults with and without dementiaResearch review and scientific evidence author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

  • Have no similar articlesSimilars in SciELO

Share


Psicologia, Saúde & Doenças

Print version ISSN 1645-0086

Abstract

ZANCHET, Anne Torres  and  MARIN, Angela Helena. Perfil psicossocial de pacientes com síndrome coronariana aguda. Psic., Saúde & Doenças [online]. 2014, vol.15, n.3, pp.656-770. ISSN 1645-0086.  http://dx.doi.org/10.15309/14psd150308.

Este estudo teve como objetivo investigar as características psicológicas e sociais de pacientes com síndrome coronariana aguda, por meio de uma pesquisa documental, de caráter exploratório e transversal, de natureza quantitativa. Foram examinados 93 protocolos de avaliação psicológica de pacientes pertencentes a um programa multiprofissional de um hospital da rede privada de Porto Alegre - RS, a partir dos quais se obteve dados clínicos (diagnóstico de angina ou infarto agudo do miocárdio não especificado), sociodemográficos (sexo, idade, estado civil, ocupação), psicológicos (exame do estado mental, mecanismos de defesa, estado psicológico geral) e de apoio social (suporte e estrutura familiar). Os resultados indicaram um número expressivo de pacientes idosos (64%), sendo a maioria deles do sexo masculino (58,1%) e casados (66,7%). A investigação do exame de estado mental não apontou alterações significativas, e quanto ao estado psicológico geral destacaram-se os estados tranquilo (52,7%) e ansioso (33,3%). A maioria dos pacientes também apresentou estado de humor modulado/ eutímico (54,3%) e utilizava a racionalização (31,6%) e a negação (29,9%) como mecanismos de defesa. Por fim, o suporte e a estrutura familiar mostraram-se eficientes. Quando analisadas as relações entre as variáveis, apenas encontrou-se correlação entre o estado civil e o tipo de diagnóstico, indicando que pacientes casados eram os que mais apresentavam o diagnóstico de síndrome coronariana aguda (p = 0,03). Em conjunto, os dados apontam que é importante atentar não apenas para sofrimento físico dos pacientes coronariopatas, mas também para as questões sociais e psicológicas, pois estas podem influenciar significativamente no desenvolvimento da doença e no seu tratamento.

Keywords : Síndrome coronariana aguda; doença arterial coronariana; psicocardiologia; perfil social; perfil psicológico.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )