SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número3A intervenção psicológica em cuidados paliativosDesfiguramento facial adquirido: breve revisão narrativa índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia, Saúde & Doenças

versão impressa ISSN 1645-0086

Resumo

ALMEIDA, J. Paulo  e  VIANA, Victor. Adaptação da escala de ansiedade pré-escolar, de s. Spence. Psic., Saúde & Doenças [online]. 2013, vol.14, n.3, pp.470-483. ISSN 1645-0086.

Pretendemos, com este estudo, avaliar as propriedades da Escala de Ansiedade Pré-escolar de S. Spence (Spence, Rapee, McDonald & Ingram, 2001) numa amostra de crianças portuguesas. A escala foi respondida por 561 mães de crianças entre os 3 e os 7 anos de idade. Relativamente à estrutura dos sintomas de ansiedade, uma análise fatorial exploratória aponta para uma solução composta por 5 fatores (ansiedade geral, ansiedade social, perturbação obsessivo-compulsiva, medo de dano físico e ansiedade de separação) como sendo a mais adequada. Os índices de consistência interna, de validade externa (através da correlação com a Escala de Internalização do CBCL) e de discriminação com uma amostra de crianças referidas para consulta de psicologia clínica devido a perturbações de ansiedade são satisfatórios. Obteve-se uma correlação positiva entre o incremento da idade e a intensidade e expressão dos sintomas.

Palavras-chave : Stresse; Ansiedade; avaliação da ansiedade; criança; pré-escola.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )