SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número1Habilidades Sociais e Dependência Nicotínica em Universitários Fumantes índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia, Saúde & Doenças

versão impressa ISSN 1645-0086

Resumo

PAIS-RIBEIRO, José Luis. Medida na avaliação psicológica. Psic., Saúde & Doenças [online]. 2013, vol.14, n.1, pp.245-263. ISSN 1645-0086.

Neste estudo discute-se o papel da medição na avaliação psicológica criticando a excessiva valorização das explicações da qualidade dos instrumentos com recurso a números simples, assim como do abuso de estatísticas complexas com escalas que não são apropriadas para tais estatísticas. Defende-se que em vez de recorrer a modelos matemáticos para legitimar a avaliação psicológica se deveria recorrer a modelos psicológicos. Explica-se que desde as origens da avaliação psicológica, ou estes procedimentos estatísticos não eram utilizados, ou estavam limitados pelo tipo de escalas que essas avaliações utilizavam. Explica-se também que a validade, desde a década de 80 do século passado, quando se adotou uma perspetiva integrada de validade, passou a basear-se na combinação de ações complementares (rede nomológica), que podem integrar procedimentos estatísticos mas não se esgotam neles. Defende-se que numa época em que muita da instrumentação psicológica e de técnicas ou procedimentos que foram originalmente desenvolvidos pela psicologia são utilizados por muitos não psicólogos, os psicólogos devem ter especial cuidado com o uso da avaliação psicológica, com os vários passos desta, a começar na escolha das técnicas de avaliação, na sua aplicação e, principalmente, na interpretação dos resultados e do seu uso, todos eles subordinados a procedimentos técnicos e éticos próprios da psicologia. É esta sequência informada, que torna a avaliação psicológica um instrumento da psicologia e dos psicólogos. Muitos investigadores, muitos profissionais, em muitas áreas, utilizam os instrumentos da psicologia para os mais diversos fins, mas tal, defendemos, não é avaliação psicológica.

Palavras-chave : avaliação psicológica; medição; validade.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )