SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número1O que Residentes de pediatria sabem sobre os fatores psicológicos na constipação?Associação entre vinculação, ansiedade, depressão, stresse e suporte social na maternidade índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia, Saúde & Doenças

versão impressa ISSN 1645-0086

Resumo

GRACA, Maria et al. Relação entre percepção de carga e risco de manuseio em idosos dependentes. Psic., Saúde & Doenças [online]. 2013, vol.14, n.1, pp.53-63. ISSN 1645-0086.

A elevada incidência de lesões músculo-esqueléticas relacionadas com o trabalho (LMERT) nos profissionais da saúde, especialmente a mobilização e transferência de indivíduos dependentes, tem sido debatida. O objetivo desta pesquisa centrou-se na relação entre a perceção de carga de manuseio de idosos dependentes (avaliada pela percepção do tipo de esforço, excesso de tempo no procedimento e dor no procedimento) e a avaliação do risco de manuseio com a escala de avaliação do risco na movimentação e transferência de Radovanovic e Alexandre (2004), adaptada para português europeu (Graça & Martín, 2011). A percepção de excesso de tempo gasto nos procedimentos encontra-se relacionada com um maior nível de risco no manuseio dos pacientes, assim como parece determinar a percepção de sobrecarga do manuseio no profissional de enfermagem. A aplicação da escala de avaliação do risco de manuseio orienta a adequação de meios ambientais, reduzindo a sobrecarga.

Palavras-chave : manuseio de idosos dependentes; transferência de pacientes; profissionais de saúde; LMERT.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )