SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número1Coping religioso/espiritual e câncer de mama: Uma revisão sistemática da literaturaO que Residentes de pediatria sabem sobre os fatores psicológicos na constipação? índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia, Saúde & Doenças

versão impressa ISSN 1645-0086

Resumo

NAZARE, Bárbara; FONSECA, Ana  e  CANAVARRO, Maria Cristina. Questionário de Confiança Parental: Análise fatorial confirmatória numa amostra comunitária de casais. Psic., Saúde & Doenças [online]. 2013, vol.14, n.1, pp.23-37. ISSN 1645-0086.

A falta de confiança parental na competência para cuidar do bebé pode originar dificuldades na relação entre mãe/pai e filho. O Questionário de Confiança Parental avalia a perceção parental da capacidade para cuidar do bebé e reconhecer as suas necessidades, através de 13 itens, respondidos com base numa escala de frequência. Este estudo pretendeu identificar a estrutura fatorial mais adequada para o questionário. Uma amostra comunitária de 223 casais com bebés de 6 meses respondeu ao protocolo de avaliação. As análises fatoriais confirmatórias revelaram como mais adequado um modelo trifatorial:Conhecimento acerca do Bebé, Prestação de Cuidados ao Bebé e Avaliação da Experiência de Parentalidade. A versão portuguesa do Questionário de Confiança Parental apresentou bons níveis de fidelidade e validade, pelo queconstitui um instrumento útil na avaliação de mães e pais de bebés nos primeiros meses de vida, possibilitando a sinalização de situações de risco acrescido nestas díades.

Palavras-chave : confiança parental; diferenças de género; estudos psicométricos; Questionário de Confiança Parental.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )