SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número2Validação transcultural da Escala de Felicidade Subjectiva de Lyubomirsky e LepperDez anos de escolhas em Portugal: quatro gerações, uma oportunidade índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia, Saúde & Doenças

versão impressa ISSN 1645-0086

Resumo

MOREIRA, Helena  e  CANAVARRO, Maria Cristina. Tipo de cirurgia, adaptação psicossocial e imagem corporal no cancro da mama. Psic., Saúde & Doenças [online]. 2012, vol.13, n.2, pp.169-190. ISSN 1645-0086.

A investigação sobre a influência do tipo de cirurgia na adaptação da mulher com cancro da mama tem resultado numa intensa produção científica ao longo dos últimos anos. O presente estudo pretende rever o vasto conjunto de investigações conduzidas nos últimos 20 anos sobre a influência do tipo de cirurgia (mastectomia e cirurgia conservadora) na adaptação psicossocial e imagem corporal da doente.Foi efetuada uma pesquisa bibliográfica em bases de dados nacionais e internacionais, que deu origem à revisão detalhada de 23 publicações científicas. A grande maioria dos estudos não encontrou diferenças significativas entre grupos cirúrgicos, nos principais indicadores de adaptação psicossocial, ainda que este resultado não seja consensual. A única diferença consistentemente encontrada refere-se à imagem corporal da mulher, ou seja, as doentes que conservam a mama reportam uma imagem corporal mais positiva. Em suma, a revisão efetuada sugere que mais do que defender rigidamente um tipo de cirurgia em detrimento de outro, importa incluir a doente no processo de tomada de decisão terapêutica.

Palavras-chave : cancro da mama; tipo de cirurgia; mastectomia; cirurgia conservadora; adaptação psicossocial; imagem corporal.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )